coluna

Leitores e Cartas: tarifas nas nuvens

Leitores e Cartas

opiniao@diariodonordeste.com.br

00:00 · 30.08.2018

Está tudo lindo nesse Brasil! A Anac aumenta as taxas de embarque no Aeroporto de Fortaleza e os Correios criam uma taxa para produtos que serão importados! Só aparece Maravilha!

Manu Lima
(Via Facebook)

Tarifas nas nuvens II

Vai melhorar e baixar preços das passagens! Tudo enganação para pegar trouxas! (Reações de internautas sobre a matéria "Anac reajusta tarifas dos aeroportos de Fortaleza e Porto Alegre", publicada, ontem, nas redes sociais do Diário do Nordeste).

Carlos Sousa
(Via Facebook)

País do desperdício

Precisava o Brasil ter exagerados 5.570 municípios? Lógico que não! E a manchete do Estadão (26/8/18) em que, "uma a cada três cidades não gera receita nem para pagar prefeito", retrata bem a irresponsabilidade da classe política brasileira, que depois da Constituinte de 1988, permitiu ao Congresso, autorizar a criação de 1.578 novos municípios! E se pouca desgraça não basta, esse mesmo Parlamento deseja criar mais 400 cidades... Pode? E se os parlamentares tiverem um mínimo de dignidade pública, e não mais prejudicar as nossas combalidas contas públicas, deveriam respeitar o estudo feito pela Federação das Indústrias do Rio (Firjan) que constatou que, 1.872, ou quase 34% dos 5.570 municípios não geram receitas para cobrir suas despesas de manutenção da máquina pública. Estas cidades são de até 20 mil habitantes, sem a mínima estrutura, para oferecer melhorias aos seus munícipes na educação, saúde, saneamento básico, etc. E este estudo, diga-se, oportuno da Firjan, indica que, mais do que urgente, a fusão destes municípios, traria uma economia para o Estado brasileiro de R$ 6,9 bilhões, ao ano!

Paulo Panossian
São Carlos (SP)

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.