Coluna

Leitores e Cartas: preconceito

Leitores e Cartas

opiniao@diariodonordeste.com.br

00:00 · 09.07.2018

Depois da abolição dos escravos, e o fim do preconceito com as mulheres e homossexuais em restritas atividades no mercado de trabalho, eis que surge um novo modelo intolerante, o qual vem tentando se posicionar na direção contrária às mudanças ocorridas, relacionadas as conquistas sociais alcançadas nos valores humanos neste País. Refiro-me aos intolerantes com as pessoas mais velhas ao vínculo trabalhista. Hoje, o simples fato de ser um cinquentão faz a pessoa se sentir isolada e desqualificada para exercer quaisquer atividades no ramo profissional. Ora bolas! O que esperar no futuro da nossa juventude se nos dias atuais, a probabilidade de uma pessoa da meia idade conseguir um emprego é cada vez mais mínima de se conquistar?

Gilson Queiroz
Ubajara (CE)

Alvarás

Os caras perderam o pudor. Deram tiro nos pés, feio, e vão revogar. Não podemos esquecer dos vereadores babões que aprovam tudo como cachorrinhos obedientes. (Reação de internauta sobre a matéria "Setores voltam a reivindicar revogação de taxas de alvarás", publicada nas redes sociais do Diário do Nordeste)

Rogério Gurgel
(Via Facebook)

Arrumando as malas

Eu estou perdendo a esperança de ter o Brasil que eu e milhões de outros brasileiros queremos. Se pudéssemos fazer mudanças em todos os poderes, sem dúvida alguma poderíamos conseguir êxito. Mas por intermédio do voto, só podemos mexer em dois. Quando vejo encarcerados condenados pela Lava-Jato, arrumando as malas para fazerem o caminho de volta, ou seja, conseguindo liberdade plena, fico indignado. Vejo cair por terra o dito "vence a maioria". Acorda Brasil. Essa apatia não é aceitável.

Jeovah Ferreira
Taquari (DF)

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.