Coluna

Leitores e Cartas: Foco nas eleições

Leitores e Cartas

opiniao@diariodonordeste.com.br

00:00 · 16.07.2018

Este ano tem sido difícil. Muitos são os desafios. A saúde pública pede socorro. E nas emergências, muitos ficaram sem a atenção devida. Na educação formal, faltou um projeto construtivista para todos crescerem juntos. Mais de um terço da população continua abaixo da linha de pobreza. Falta educação das massas. A tevê guiada pelo deus mercado vende baixaria! Os trabalhos são temporários, e a terceirização permitiu a flexibilização nas leis trabalhistas. Difícil, na classe mais simples, quem passa o ano inteiro empregado. Temos desafios nas áreas de trabalho, saúde e educação. Nestas eleições, desejamos que o povo não se iluda com promessas. O futuro do Brasil passa por projetos realistas que englobam a área social. Voto não tem preço, tem consequências!

Paulo Roberto Girão Lessa
Fortaleza (CE)

Politicagem

Politicagem é coisa suja, mas não existe outra via para a sociedade caminhar, a não ser através da política. Não é a religião, não são as igrejas, nem outras instituições que organizam o dinamismo social, na direção do bem comum: é a capacidade política de uma organização em redor dos objetivos sociais. Porém, o mais difícil na política é a escolha dos representantes!Mais alguns meses, estaremos afogados no exagero de propagandas eleitorais. Mas, neste ano de 2018, os partidos estão todos quebrados e seus representantes precisam juntar os cacos, principalmente, os ad-lulistas. Portanto, a escolha dos representantes partidários está mais difícil, por falta de credibilidade! E todos os dias surgem mais desconfiança e adoece a esperança. Ora, o Mensalão veio jogar lama na política. Depois, veio a Lava-Jato, que é o jato do Mensalão! E, apesar disso, o Brasil não se cansou de jactar tanta corrupção, encobrindo o céu da Pátria no festival de escândalos.

Tarcísio Passos
Fortaleza (CE)

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.