Coluna

Leitores e Cartas: Amada Fortaleza

Leitores e Cartas

opiniao@diariodonordeste.com.br

00:00 · 13.04.2018

Hoje, 13 de abril, nossa amada Fortaleza completa 292 anos. Data somente reconhecida através da Lei nº 7.535, de 16/6/94, sancionada pelo ex-prefeito Antônio Cambraia, em 28/6/94. Por mais de dois séculos, não se sabia a data natalícia da Cidade. Lembro que durante as administrações dos ex-prefeitos Cambraia e Juraci Magalhães (de saudosa memória), o aniversário de Fortaleza era comemorado com bolo gigantesco, tapioca, refrigerante, em plena Praça do Ferreira. Era uma comemoração intimista, marcada pela alegria, descontração, ordem, em que a multidão presente esperava pacificamente receber seu pedaço de bolo. Não se observava confusão, furto ou briga. Tão diferente da Fortaleza violenta da atualidade. A Praça do Ferreira vive repleta de pedintes, famílias carentes, vivendo debaixo de lajes de lojas, dormindo em colchões imundos, fétidos. Hoje, em vez de as autoridades cuidarem destes pobres mortais, realizam ostensivas festas no aterro na Praia de Iracema, onde milhões de reais dos cofres públicos são gastos com cantores contratados para fazer a alegria do povão. Dinheiro que deveria ser revestido na Saúde, Educação, Segurança Pública e moradia etc. Apesar de tudo, parabéns amada Fortaleza!

Lúcia Brandão
Fortaleza (CE)

A fila anda

Embora tachada de injusta e morosa, nossa Justiça está de parabéns. Eis que para satisfação do desejo de milhões de cidadãos de bem, ela acaba de prender mais um corrupto, desta vez o ex-presidente Lula. Mas como o petista não é o único desonesto que faltava ser preso, esse trabalho do juiz Sergio Moro de mandar para a cadeia ladrão do dinheiro público não deve parar por aqui. Outros políticos corruptos que, com urgência, merecem também estar atrás das grades.

José Admir de Paula
Paracuru (CE)

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.