coluna

Leitores e Cartas

Leitores e Cartas

opiniao@diariodonordeste.com.br

00:00 · 14.05.2018

Mercado somos nós

Quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha?Esta pergunta dá a  perfeita noção da importância de um para o outro. Não haverá ovo sem galinha e vice-versa. Com base nessa mesma lógica, podemos indagar quem veio primeiro, o consumidor ou o mercado? Novamente, chegamos à mesma conclusão. Um não existe sem o outro. Se um deles sucumbir, o outro seguirá o mesmo caminho. Estranho é que, por mais simples que pareça, insistimos em subverter essa lei básica da natureza. O capitalismo de mercado não se cansa de substituir gente por maquinas, com o objetivo de aumentar os lucros. Estamos como uma cobra que come o próprio rabo. Ao saciar sua fome, terá desaparecido. O mercado, nada mais é do que o potencial que as pessoas têm de consumir. E até onde sabemos, só é possível demandar se houver moeda e só haverá moeda se houver trabalho. Temos que despertar e ver que quanto mais resultados as máquinas trouxerem, menos compradores haverá para o que produzirem. A seguir como estamos, poderá chegar o dia em que  o investidor entrará na sua empresa, comprará todos os seus produtos, sendo atendido por ele mesmo.

Eduardo Guimarães

Fortaleza (CE)

O País das malas

Dois milhões aqui, outros R$ 50 milhões ali, mas nunca se chega à conclusão a quem pertence as diversas malas encontradas recheadas de dinheiro público, apesar dos flagrantes. Parece até hilário, diante de tanto sacrifício do povo brasileiro de tentar se manter em equilíbrio numa corda bamba, sacudida pela força da corrupção e por uma crise sintomaticamente nervosa. E o que mais impressiona e questiona os brasileiros é o real paradeiro dessas cifras, se vão com destino às próximas eleições, ou se ficam depositadas num órgão à espera de uma desvalorização. Onde será que essas malas batem?

Gilson Queiroz

Ubajara (CE)

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.