Artigo

Debates e Ideias: fazer o novo

Debates e Ideias

opiniao@diariodonordeste.com.br

00:00 · 11.06.2018

A expressão "fazer o novo" remete a opções que exigem contextualizar o que se deseja expressar. A intenção é remetê-la ao tema da inovação, que liberta as amarras que castram as ideias que criam valor, que diferenciam os produtos ou serviços que disputam o mercado. Inovar é muito mais do que criar ideias. É o ambiente onde a inovação prospera. Quando se aborda o tema, a imagem resume-se na criação de novos produtos ou serviços.

Não é bem assim - inovar não se restringe a aplicação de tecnologia de ponta a produtos eletrônicos. Apresenta-se, em quatro dimensões: em produtos ou serviços, em processos, na gestão e no negócio, propriamente dito. É necessário que se compreenda que a inovação não acontece apenas nas grandes corporações, ela transita com muito êxito nas pequenas e médias empresas. O primeiro passo é ter a compreensão do que não é inovação.

A simples e casual manifestação da criatividade não gera inovação. É preciso saber onde e como inovar e se existe um ambiente que estimule a sua transformação em negócios.

O sucesso está em gerenciar as dimensões da inovação: processos, que modificam os utilitários que já disputam o mercado ou o lançamento de novos com melhoria de desempenho; novos métodos de produção com geração de valor ao cliente, ou o aprimoramento daqueles existentes; inovação na gestão: mudanças no conceito do negócio gerando agilidade, eficiência, eficácia e rentabilidade; inovação no negócio: desenvolvimento que guarda ou não similaridade com até então explorado, mas que repercute nos resultados.

Cláudio Montenegro
Administrador

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.