Artigo

Capital humano

00:00 · 25.06.2018 por Bosco Gonçalves - Escritor

Com a chegada da internet, o grande capital da empresa competitiva está "contabilizado" pelo capital humano dos seus colaboradores, surgindo uma nova estratégia - "gestão do capital humano". Ter colaboradores motivados faz toda a diferença para empresa e vida deles. O ambiente de trabalho se torna mais produtivo, agradável, gerando uma maior integração e comunicação, através de trocas de experiências entre os colaboradores, em suma: o diferencial da empresa hodierna focada para a satisfação e fidelização dos seus clientes, já que os produtos e serviços oferecidos aos consumidores, cada vez mais, se tornam semelhantes, na qualidade e preços. O alicerce da empresa moderna é apostar no talento dos seus recursos humanos, criando comprometimento de todos, indistintamente, com o sucesso da empresa, enfim, cada um assumindo com a responsabilidade de suas tarefas. Para o professor Luiz Marins, "esse objetivo consiste em se conhecer melhor as pessoas, implementar treinamento contínuo, motivá-las, no dia a dia, visando-se a satisfação plena dos seus clientes". Ter funcionários motivados implica na "busca permanente de sempre ser melhor", recebendo suas sugestões e até críticas construtivas, desde que fundamentadas. Cada colaborador deve ter em mente o seu desempenho em relação à equipe. Um acompanhamento dos gestores sobre os seus liderados é imprescindível à avaliação deste comportamento. Os pontos fortes e realizações devem ser comemorados, e os fracos pontuados para que aufiram lições positivas, naquela assertiva de que "aprende-se mais com erros que com os acertos".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.