FORTALEZA LIQUIDA

Temporada de descontos deve girar R$ 270 mi

O montante coloca Fortaleza na 3ª posição do País em relação ao valor movimentado em ações promocionais

01:00 · 31.08.2018
Image-0-Artigo-2447103-1
Campanha promocional conta com 4,5 mil lojas participantes ( Foto: JOSÉ LEOMAR )

Com o início do mês se aproximando, lojistas começaram a preparar fachadas e vitrines com cartazes que anunciam a 9ª edição do Fortaleza Liquida. A temporada de descontos, oficialmente aberta ontem (30), deve movimentar cerca de R$ 270 milhões, uma alta de 8% em relação ao montante observado na edição de 2017. Esse dado mantém a Capital cearense em posição de destaque como a terceira maior praça em campanhas promocionais no varejo do País, atrás de Recife e Salvador.

De acordo com Bernardo Carvalho Farias, coordenador da campanha nos 15 estados que recebem a iniciativa, os resultados positivos na Capital cearense estão associados ao bom entrosamento do varejo cearense. "Em Fortaleza, nós vemos um comércio muito unido, com bastante envolvimento", frisa. Durante oito edições do evento na Cidade, as vendas totalizaram R$ 1,8 bilhão. Apenas em cupons validados, foram R$ 44 milhões, de acordo com a CDL de Fortaleza.

Ao todo, 4,5 mil pontos de vendas (pouco mais da metade são lojas de rua) participam do movimento neste ano com o objetivo de esvaziar os estoques para as mercadorias e coleções do fim de ano e dar ânimo ao comércio em um mês no qual tradicionalmente as vendas ocorrem com menor intensidade. Para Assis Cavalcante, presidente da entidade, o Fortaleza Liquida tem um papel importante de impulsionar as vendas neste segundo semestre.

"É uma oportunidade que nós temos de trocar as mercadorias para que recebamos novos produtos para o fim de ano", detalha, acrescentando que, apesar de indicadores em patamar positivo como a inflação sob controle e a taxa de juros mais baixa, o desemprego que atinge cerca de 13 milhões de pessoas no País preocupa o varejo. "Estamos realmente fazendo com que esse consumidor fique mais ativo".

"O impacto vai ser bom por transformar um mês mais fraco em mais pujante, com varejo e consumidor ganhando e, certamente, se não tivéssemos essa campanha, teríamos um decréscimo de vendas e isso impacta diretamente no recolhimento de impostos por parte do Estado", explica Cavalcante. Entre os benefícios garantidos aos lojistas participantes da promoção está o parcelamento do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de setembro em até três vezes. O Fortaleza Liquida vai até 9 de setembro.

Shoppings

Nos shoppings, o evento deve alavancar o fluxo de vendas e de público durante o período da campanha. No Iguatemi, fluxo e vendas devem receber um incremento de 15% com a realização da campanha de descontos Fortaleza Liquida. As projeções do Shopping Parangaba também são otimistas. Segundo Felipe Bahiana, gerente de Marketing do empreendimento, a campanha deve ajudar o fluxo a crescer 15% no período. Consequentemente, as vendas devem ser 10% maiores.

No Shopping Benfica, a expectativa é que haja um incremento de 20% nas vendas. O Benfica está com stand no piso térreo, no qual o público é orientado sobre participação e pode conferir de perto o principal prêmio.

Promoção

Entre as novidades na 9ª edição do Fortaleza Liquida está o sorteio de vale-compras de R$ 1 mil para vendedores e de uma viagem internacional para os lojistas. Para os consumidores, serão sorteados um Toyota Yaris, uma moto Harley-Davidson e cinco TVs. Nesta edição o preenchimento dos cupons será pelo aplicativo do Fortaleza Liquida.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.