NACIONAL E INTERNACIONAL

Tarifas do Fortaleza Airport ficam em R$ 31 e R$ 112

01:00 · 30.08.2018
aeroporto
Os terminais de Fortaleza e de Porto Alegre, administrados pela Fraport, terão as maiores tarifas entre os aeroportos concedidos ( FOTO: JOSÉ MARIA MELO )

O Diário Oficial da União (DOU) divulgou ontem (29) os reajustes dos tetos das tarifas dos aeroportos de Fortaleza e Porto Alegre. Com a alteração dos valores, a tarifa máxima de embarque doméstico paga pelos passageiros passará de R$ 29,78 para R$ 31,08. Já a tarifa teto de embarque internacional nos dois terminais passará de R$ 110,20 para R$ 112,51, valor que inclui o Adicional do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) de US$ 18,00, criado pela Lei e que atualmente corresponde a R$ 57,47 mais R$ 55,04, correspondente da concessionária.

Os reajustes foram aprovados pelas Portarias nº 2.618 e nº 2.647, respectivamente, de 23 e 24 de agosto deste ano, conforme as fórmulas estabelecidas nos respectivos contratos de concessão. Os novos valores das tarifas poderão ser praticados somente 30 dias após a divulgação pelas concessionárias. Os tetos das tarifas de embarque e conexão de passageiros, de pouso e permanência de aeronaves e armazenagem e capatazia de cargas foram reajustados em 4,3911%.

Os reajustes foram aplicados, considerando a inflação acumulada entre junho de 2017 e junho deste ano, medida pela variação do IPCA do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no período.

Ranking

Com o reajuste, os Aeroportos de Fortaleza e Porto Alegre, ambos administrados pela empresa alemã, Fraport, passarão a ter as maiores taxas entre os terminais concedidos. As tarifas só não estão maiores que aquelas vistas nos aeroportos controlados pela Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

As taxas cobradas pela estatal são de R$ 31,27 (voos domésticos) e R$ 112,83 (voos internacionais). Em seguida, aparecem os preços de Fortaleza e Porto Alegre. O GRU Airport, em Guarulhos (SP), cobra R$ 30,94 e R$ 112,23. Já as tarifas do Galeão, no Rio de Janeiro, são de R$ 30,35 e R$ 111,21. A tarifa mais barata entre os terminais concedidos é a do Aeroporto de Natal. Lá, os valores cobrados são de R$ 22,21 (domésticos) e R$ 96,80 (internacionais).

Tarifas

As tarifas aeroportuárias são valores pagos à concessionária pelas companhias aéreas, pelo operador da aeronave ou pelo passageiro. Essas tarifas remuneram os procedimentos de embarque, conexão, pouso, permanência, armazenagem e capatazia dentro dos aeroportos.

A tarifa de embarque é a única paga pelo passageiro e tem a finalidade de remunerar a prestação dos serviços, instalações e facilidades disponibilizadas pela concessionária aos passageiros. Os reajustes estão previstos nos contratos como mecanismo de atualização monetária e tem por objetivo preservar o equilíbrio econômico-financeiro estabelecido nos contratos de concessão.

info

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.