RESTITUIÇÃO DO IR

Receita creditará R$ 119,817 mi para cearenses; maior lote para junho já pago no Estado

Dos mais de 54,6 mil cearenses beneficiados, 54.258 são declarantes do Imposto de Renda 2018

22:23 · 08.06.2018
No próximo dia 15 de junho, a Receita Federal vai creditar R$ 119,817 milhões em restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) nas contas bancárias de 54.627 cearenses que entregaram declarações entre 2018 e 2011. 
 
Segundo o auditor-fiscal da Receita Federal do Brasil, Vitor Casimiro, o montante do lote é o maior já pago no Estado. "Anteriormente, os maiores lotes, geralmente de junho, ficavam entre R$ 50 e R$ 70 milhões", esclarece.
 
No primeiro lote do ano passado, foram restituídos R$ 74,596 milhões em contas bancárias de 35.964 declarantes cearenses. O valor é 37,81% menor que o registrado este ano. 
 
Dos mais de 54,6 mil cearenses beneficiados, 54.258 são declarantes do IRPF 2018, cujas restituições totalizam R$ 118,049 milhões.  
 
Critérios
 
Nesse primeiro lote, são restituídos, com correção pela taxa Selic de 1,52%, contribuintes com idade acima de 60 anos, alguma deficiência física, mental ou moléstia grave.
 
Já para as 369 declarações entregues entre 2017 e 2011 no Ceará, que totalizam R$ 1,768 milhão, o índice de atualização monetária pela taxa Selic varia entre 9,35% (2017) e 72,96% (2011). 
 
Brasil
 
No Brasil o crédito bancário vai beneficiar 2.482.638 contribuintes, totalizando R$ 4,8 bilhões. Terão prioridade para receber a restituição 228.921 idosos acima de 80 anos, 2.100.461 contribuintes entre 60 e 79 anos e 153.256 com alguma deficiência física ou mental ou doença grave.
 
Consulta 
 
A consulta ao primeiro lote está disponível desde o último dia 8 e a restituição fica disponível no banco por um período de um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, no formulário eletrônico – Pedido de Pagamento e Restituição (Peres), ou diretamente no e-CAC, no link extrato de processamento da Dirpf.
 
Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita (http://bit.ly/consulta_ir); ligar para o Receitafone 146; ou cadastrar na página da Receita um celular para envio gratuito de mensagem SMS com indicação da data de pagamento. 
 
Usuários de tablet ou smartphone também podem baixar o aplicativo “Pessoa Física”, que permite a consulta da restituição. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 0800-729-0001 e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.