MPX Tauá consolida bases do 'império' de Eike Batista no Ceará - Negócios - Diário do Nordeste

MPX Tauá consolida bases do 'império' de Eike Batista no Ceará

Adriano Queiroz, do Diário do Nordeste Online | 16h35 | 04.08.2011

Está sendo inaugurada, na tarde desta quinta-feira (4), a primeira usina de energia solar comercial da América Latina, a MPX Tauá, em Tauá, a 360 quilômetros de Fortaleza. O empreendimento é um dos três investimentos em complexos energéticos no Ceará da EBX - gigante do bilionário Eike Batista.

Já ligada ao sistema elétrico brasileiro, e operando, a usina de Tauá tem capacidade instalada de 1 MW. No primeiro mês foram gerados 63% do potencial. O investimento na implantação do projeto foi de R$ 10 milhões -  com aporte de R$ 1,2 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) -  mas a gigante de Eike Batista tem planos para ver a unidade crescer.

A MPX Tauá já tem autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica e licença da Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace) para ampliar até 5MW de capacidade instalada.

Mas a gigante dos sistemas integrados de energia não quer parar por aí e tem projeto para expandir a capacidade da usina solar para até 50 MW - tornando-a capaz de abastecer uma cidade seis vezes maior que Tauá, ou o equivalente à toda a população de Caucaia.

Energia para 1,5 mil famílias

Com sua capacidade atual a MPX Tauá gera energia suficiente  para abastecer 1,5 mil famílias. Isso representa algo como a população de Guaramiranga. Quando estiver operando em sua capacidade máxima esse número deve subir para 7,5 mil famílias, ou, em termos comparativos, a população de Baturité.

Projeto traz turismo científico

Para o prefeito de Tauá, Odilon Aguiar, "a vinda da usina para o município e para os Inhamuns foi muito importante. A empresa teve a visão de trazer tecnologia de ponta para a nossa região. Com esse novo momento inaugurado hoje (quinta) vamos certamente presenciar um aumento no turismo científico, de lazer e de negócios, além de estimular a vinda de novos investimentos em outros setores."

Energia renovável

Já o presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Zuza Oliveira ressaltou que o investimento também vai "estimular o setor de pesquisa das nossas universidades e promover mais estudos na área de energias renováveis. É um grande avanço, comparável aos que a China e a Europa, que investem muito em energias renováveis, estão fazendo."

Solenidade prestigiada

Entre os presentes à solenidade de inauguração estão os senadores Eunício Oliveira, Inácio Arruda e José Pimentel; o vice-governador Domingos Filho; a deputada estadual Patrícia Saboia; os prefeitos de Tauá, Odilon Aguiar, e de São Gonçalo do Amarante, Walter Júnior; além dos executivos da MPX, Eduardo Karrer, Presidente; Marcos Temke, Diretor de Implantação e Cooperação; e Paulo Monteiro, Diretor de Sustentabilidade.

Outros projetos do "império"

Além da MPX Tauá, o "império" de Eike Batista já tem mais dois empreendimentos previstos para serem concluídos ainda em 2011: as usinas termelétricas Energia Pecém e MPX Pecém II. Além deles, há o projeto de uma usina eólica em Paracuru, com capacidade instalada prevista de 32 MW. 

Energia Pecém

Usina termelétrica a carvão mineral, localizada nas proximidades do Porto do Pecém, com dois módulos de 350 MW, totalizando 720 MW de capacidade de geração de energia instalada. O início da operação do empreendimento, uma parceria 50/50 com a EDP, está previsto para o segundo semestre de 2011.

MPX Pecém II

Usina termelétrica a carvão mineral, localizada nas proximidades do Porto do Pecém, com capacidade instalada de de 360 MW. O início da operação também está previsto para o segundo semestre de 2011.

Com informações da EBX

 








 

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999