Mais 15 até o fim de 2017

Grand Shopping ganha 11 lojas no 1º trimestre

Atualmente, fluxo diário é de 10 mil pessoas por dia, número que deve ficar entre 17 mil e 21 mil no fim deste ano

22:01 · 20.03.2017 por Redação Diário do Nordeste
Grand Shopping
O empreendimento, localizado em Messejana, abriu as portas ao público em agosto do ano passado e contou com investimento na ordem de mais de R$ 100 milhões

Após finalizar o ano de 2016 - seus primeiros quatro meses de funcionamento - com 62 operações, o Grand Shopping encerra o primeiro trimestre deste ano com 11 novas lojas e já espera receber mais 15 até o fim de 2017, totalizando 26 novas lojas satélites. O número deve ajudar a cumprir a meta dos lojistas do empreendimento, que esperam uma movimentação financeira em torno de R$ 240 milhões em vendas/ano.

Somente na última semana, o equipamento passou a contar com duas novas operações: o restaurante Villa da Pipa, especializado em crepes e grelhados, na praça de alimentação, e a loja Kirus Brinquedos Inteligentes. A marca de moda feminina Kiquitaluki é a próxima a se instalar no equipamento e, além dela, DLT, Hinode Cosméticos, Oi, Azzurri, Satwash, Chinatown, Mcdonald’s e Oh my Dog já estão finalizando suas obras para começar a operar no equipamento.

Para o superintendente do Grand Shopping, Valmir Costa Júnior, o fluxo de pessoas vai aumentando com a abertura de novas lojas. Atualmente, a média é de 10 mil pessoas passando pelo empreendimento diariamente, mas a expectativa inicial é que esse número chegue a 15 mil por volta do meio do ano. “E nós esperamos um patamar entre 17 mil e 21 mil pessoas para o período do fim do ano”.

Em relação às vendas, Valmir pontua que as operações já abertas vêm mostrando uma boa performance até agora. Assim, o superintendente destaca que o faturamento está dentro do esperado. “Nós estamos trabalhando para que o shopping fature entre R$ 30 e R$ 40 milhões por ano, e a nossa expectativa é chegar ao fim de 2017 dentro disso”.

Serviços

Além das 26 novas lojas satélites até o fim deste ano, Valmir também revela o projeto de uma academia e uma faculdade para o shopping, além de uma clínica popular. “Nós estamos em prospecções que alavancarão ainda mais o nosso empreendimento. Entre eles, uma clínica popular, uma academia e uma faculdade. Nosso propósito é oferecer os melhores serviços e que nosso consumidor encontre tudo que precisa em nosso shopping, o que fidelizará o nosso slogan ‘perto de você’. Nossas perspectivas para este ano são muito positivas”, acrescenta o superintendente.

Entre as 62 operações que o Grand Shopping angariou no último ano, estão lojas âncoras como a Renner, Americanas e Centerplex. Marcas cearenses como a Zenir, Ban Ban Calçados e IAP Cosméticos também compõem o mix de lojas do shopping.

O empreendimento, localizado em Messejana, abriu as portas ao público em agosto do ano passado e contou com investimento na ordem de mais de R$ 100 milhões da Simpex Incorporações em parceria com o Grupo Rede Fone.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.