Ceará de Ponta a Ponta

Governo anuncia investimentos de R$ 500 milhões para obras em rodovias do Ceará

As informações foram divulgadas pelo governador Camilo Santana por meio de seu perfil no Facebook

18:51 · 14.02.2018 / atualizado às 19:03
camilo santana der obras
Participaram da reunião o secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins, o secretário-adjunto da Casa Civil, Quintino Vieira, e o superintendente do Departamento Estadual de Rodovias (DER), Sérgio Azevedo. ( FOTO: Divulgação )
A próxima etapa do Programa Ceará de Ponta a Ponta, que será lançado no mês de março, terá investimentos de cerca de R$ 500 milhões em implementação, restauração e duplicação de mais de 500 quilômetros de estradas em todo o Estado.
 
As informações foram divulgadas pelo governador Camilo Santana por meio de seu perfil no Facebook. Os valores foram definidos em reunião com o secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins, o secretário-adjunto da Casa Civil, Quintino Vieira, e o superintendente do Departamento Estadual de Rodovias (DER), Sérgio Azevedo, na tarde desta quarta-feira (14), no Palácio da Abolição.
 
Obras
 
Atualmente, na Região do Cariri por exemplo, dois trechos localizados na rodovia CE-153 passam por obras de pavimentação. São eles: Iborepi – Aurora e Iborepi – Lavras da Mangabeira, totalizando 24 quilômetros de rodovia.
 
No trecho de 14 km entre Iborepi e Aurora, 44% dos trabalhos já foram executados por meio do Programa Ceará de Ponta a Ponta. Já no trecho Iborepi – Lavras da Mangabeira, que corresponde a 10 km, as ações estão com 38% de execução.
 
Os trabalhos se referem a serviços de terraplenagem, pavimentação, revestimento asfáltico, drenagem, obras d’arte correntes e especiais, sinalizações horizontal e vertical, além de proteção ambiental.
 
O investimento do Governo do Ceará, através da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) e DER, é de R$ 28 milhões, com recursos do Tesouro Estadual e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.