Melhor mês desde fevereiro

Endividamento do consumidor de Fortaleza cai 9,5 pontos em junho

A taxa reduziu de 71,5% em maio para 62% neste mês, de acordo com pesquisa da Fecomércio-CE

10:01 · 25.06.2018 por Redação Diário do Nordeste
Endividamento junho
A proporção de consumidores com contas ou dívidas em atraso subiu 1,2 pontos percentuais, passando de 28,1% dos consumidores em maio, para 29,3% neste mês. ( Arquivo )

A Pesquisa do Endividamento do Consumidor de Fortaleza, realizada em junho de 2018, revela que 62,0% dos consumidores da capital cearense possuem algum tipo de dívida. O índice veio 9,5 pontos percentuais abaixo do indicador do último mês de maio (71,5%), sendo o melhor resultado desde fevereiro de 2017, quando o índice foi de 61,4%.

A proporção de consumidores com contas ou dívidas em atraso subiu 1,2 pontos percentuais, passando de 28,1% dos consumidores em maio, para 29,3% neste mês. Este foi o terceiro aumento consecutivo, desde março deste ano.

Os problemas financeiros afetam mais as mulheres (32,6% dos entrevistados desse grupo afirmaram possuir contas em atraso), os consumidores do grupo com idade entre 25 e 34 anos (38,4%) e do estrato com renda familiar abaixo de cinco salários mínimos (30,4%).

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.