Pré-pago

Correios entram na telefonia móvel com tarifas de R$ 20 a R$ 90

Segundo a empresa, os pacotes pré-pagos são os mais baratos do mercado, com benefícios como Whatsapp grátis, ligações de DDD sem cobrança de deslocamento (como se fossem ligações locais) e internet sem cortes por 30 dias

11:31 · 14.09.2018 / atualizado às 15:51
correios
Chip dos Correios Celular ( Foto: Natinho Rodrigues )

Os Correios lançaram nesta sexta-feira (14) o seu serviço de telefonia móvel, cujo foco principal está direcionado para a camada de baixa renda da população. Os planos variam de R$ 20 a R$ 90 e, segundo a empresa, os pacotes pré-pagos são os mais baratos do mercado, com benefícios como Whatsapp grátis, ligações de DDD sem cobrança de deslocamento (como se fossem ligações locais) e internet sem cortes por 30 dias, mesmo após o consumo de cada franquia.

Confira os pacotes:

Alô 20: 30 minutos em ligações para qualquer número fixo ou celular de qualquer operadora e DDD, mais 500 MB de internet. Valor: R$ 20.
Alô 30: 100 minutos em ligações para qualquer número fixo ou celular de qualquer operadora e DDD, mais 1 GB de internet. Valor: R$ 30.
Alô 40: 200 minutos em ligações para qualquer número fixo ou celular de qualquer operadora e DDD, mais 3 GB de internet. Valor: R$ 40.
Alô 60: 300 minutos em ligações para qualquer número fixo ou celular de qualquer operadora e DDD, mais 5 GB de internet. Valor: R$ 60.
Alô 90: 400 minutos em ligações para qualquer número fixo ou celular de qualquer operadora e DDD, mais 8 GB de internet. Valor: R$ 90.

O serviço conta atualmente com cerca de 220 mil clientes no País e só não está presente ainda nos estados do Amazonas, Roraima, Paraíba e Alagoas. O “Correios Celular” complementa o conjunto de serviços oferecidos pelos Correios, valendo-se de parceria estabelecida com a EUTV, prestadora de Serviço Móvel Pessoal (SMP), autorizada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). 

 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.