Copa das Confederações: operadoras terão que reforçar sinal de celular em torno de estádios - Negócios - Diario do Nordeste

Copa das Confederações: operadoras terão que reforçar sinal de celular em torno de estádios

Agência Brasil | 11h16 | 28.01.2013

Brasília, Salvador, Recife, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Fortaleza serão as cidades-sede

As operadoras de telefonia móvel terão que reforçar o sinal em torno dos estádios brasileiros nas cidades-sede da Copa das Confederações, disse hoje (28) o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

A competição ocorrerá em seis capitais brasileiras em junho deste ano, inclusive Fortaleza. Foto: Natinho Rodrigues

?A Anatel [Agência Nacional de Telecomunicações] e o ministério já estão discutindo isso [o reforço do sinal] com as empresas que exploram o serviço. É um evento com uma grande aglomeração de pessoas, sobrecarregando as antenas. Atender à chamada de celular é um problema das empresas. Elas vão ter que montar uma estrutura transitória para poder dar vazão a isso?, disse o ministro.

Durante a Copa das Confederações, Brasília, Salvador, Recife, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Fortaleza serão as cidades-sede. No entanto, a exigência de melhoria na telefonia móvel também vale para as demais cidades, que vão sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014: São Paulo, Cuiabá, Natal, Manaus, Curitiba e Porto Alegre.

O Ministério das Comunicações e a Federação Internacional de Futebol (Fifa) assinaram nesta segunda-feira acordo que estabelece as obrigações na área de telecomunicações para a Copa do Mundo de 2014, que será sediada no Brasil. O acordo definiu que o governo federal será responsável por toda a infraestrutura fixa, que ficará como legado ao país, enquanto a Fifa custeará o que será usado apenas durante o Mundial.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999