12 itens

Cesta básica de Fortaleza fica 1,68% mais barata em agosto

No mês, trabalhador da Capital teve que desembolsar R$ 372,89 para adquirir os produtos básicos

11:09 · 05.09.2018 / atualizado às 12:25 por Redação Diário do Nordeste

Após deflação de 3,34% em julho deste ano, o conjunto dos 12 produtos que compõem a cesta básica de Fortaleza registrou nova queda de preços. Com isso, no mês, o trabalhador da Capital teve que desembolsar R$ 372,89 para adquirir os itens básicos, valor que equivale a 85h59min de sua jornada de trabalho.

De acordo com os dados, divulgados nesta quarta-feira (5) pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), cinco itens apresentaram alta nos preços. Os principais destaques nesse sentido ficaram por conta do arroz (3,31%), do leite (2,75%) e do açúcar (1,45%).

Com o resultado de agosto, no semestre, a cesta básica de Fortaleza acumula queda de 5,71%. No apanhado em 12 meses, a retração é de 4,23%. Isto significa que a alimentação básica em agosto de 2018 (R$ 372,89) está mais barata do que em fevereiro de 2017 (R$ 395,47) e mais barata ante agosto de 2017 (R$ 389,35).

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.