Em 11 estados

Agricultura familiar alcança marca de R$ 1,14 bilhão em operações pelo BNB

Valores são referentes aos contratos do Programa de Microfinança Rural do Banco (Agroamigo) e operações nas demais linhas do Pronaf

22:00 · 29.05.2018
bnb
O BNB mediu resultados em em toda a sua área de atuação, que compreende os nove estados da Região e ainda o norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) alcançou a marca de R$ 1,14 bilhão, somando mais de 80 mil operações. A informação é do Banco do Nordeste (BNB), que mediu resultados em em toda a sua área de atuação, que compreende os nove estados da Região e ainda o norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo. 

Os valores são referentes aos contratos do Programa de Microfinança Rural do Banco, o Agroamigo (R$ 966,7 milhões), e operações nas demais linhas do Pronaf (R$ 172,1 milhões)

Agricultura familiar

A agricultura familiar é responsável pela produção dos principais alimentos consumidos pela população brasileira: 87% da mandioca, 70% do feijão, 46% do milho, 38% do café, 34% do arroz e 21% do trigo do Brasil, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Agrário. A Região Nordeste possui 89,1% dos quase 2,5 milhões de estabelecimentos rurais familiares do País. São 6,4 milhões de trabalhadores e trabalhadoras do campo que atuam no segmento, tendo o Pronaf como principal fonte de financiamento.

Plano Safra

No âmbito do Plano Safra 2017/2018, que se encerra em junho, o Banco do Nordeste reservou R$ 2,5 bilhões para investir na agricultura familiar da região. O valor representa acréscimo de 8% em comparação ao Plano Safra 2016/2017. Os juros permanecem os mais baixos do mercado, variando de 0,5%, 2,5% e 5,5% ao ano, dependendo da destinação do crédito.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.