CONSUMO SUSTENTÁVEL

Muda Meu Mundo foca em alimentação saudável

Experiência itinerante servirá de conexão entre o pequeno produtor rural e o consumidor final

01:00 · 06.09.2018
Image-0-Artigo-2449890-1
Espaço foi inaugurado no Del Paseo. As irmãs Priscilla e Déborah Veras apostam na facilitação do acesso à alimentação saudável a preço justo para impactar as vidas de pequenos agricultores e dos consumidores ( Foto: Kléber A. Gonçalves )

Com metodologia própria de apoio a agricultores familiares e um processo de escoamento da produção da rede através do comércio justo, o negócio social Muda Meu Mundo chegou, ontem, ao Shopping Del Paseo, no bairro Aldeota, em Fortaleza, para facilitar o acesso à alimentação "livre de agrotóxicos, transgênicos e de exploração". O espaço itinerante servirá de "ponte" entre o pequeno produtor e o consumidor final.

Criado e dirigido pelas irmãs Priscilla e Déborah Veras, a empresa "existe para democratizar o acesso à alimentação livre", conforme elas. "Acreditamos que podemos ser facilitadores de um mundo socialmente justo, economicamente viável e ambientalmente correto. Nosso foco é impactar vidas e fazer com que cada pessoa, do campo e cidade, se torne um agente de mudança", destacam.

Pioneirismo

Déborah explicou que o conceito adotado na experiência é novo no País. O Muda Meu Mundo, inclusive, é o primeiro do Brasil a atuar em toda a cadeia produtiva da alimentação limpa, livre e sustentável, segundo definição da própria empresa.

"Os negócios sociais existem para resolver ou minimizar questões ou problemáticas sociais. Sempre nos indignamos com a condição do agricultor. 70% do que está em nossa mesa são plantados pela agricultura familiar. E normalmente, eles não têm condições de escoar a produção. Desenvolvemos capacitação, acompanhamento e escoamento. Tratamos com eles desde a semente até o processo final, as feiras, vendendo aqui em Fortaleza".

O espaço itinerante iniciado ontem no piso L2 do Shopping Del Paseo deverá permanecer, de quarta-feira a domingo, até o começo de dezembro. Além de poder comprar frutas, verduras e legumes vindos direto dos agricultores familiares da rede, serão realizados no espaço cursos de Horta, Compostagem, Alimentação Saudável, Yoga dentre outras atividades.

Priscilla ressaltou a satisfação dos agricultores que conseguem melhorar as condições de vida com a nova fonte de renda. "Quando os agricultores chegaram, disseram: 'estamos trazendo pela primeira vez nossos produtos para dentro de um shopping'. Isso tem um impacto na autoestima, na produção deles. E é isso que a gente quer resgatar no Ceará, que as pessoas entendam que é importante que elas consumam dos pequenos".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.