1º no Nordeste

Leilões regionais contratarão térmicas a gás

01:00 · 07.09.2018

Brasília. O Ministério de Minas e Energia (MME) estuda a possibilidade de realizar leilões regionais para contratar termelétricas a gás natural com o objetivo de substituir usinas a óleo e diesel, para reduzir emissões e custos de operação.

A intenção é trabalhar para que as diferentes regiões do País sejam autossuficientes em geração de energia. A primeira licitação prevista deve ocorrer no Nordeste. "Além de diminuir os preços de energia elétrica para o consumidor, essa medida visa fomentar o aproveitamento do gás natural produzido no Brasil, especialmente na região do pré-sal e no Nordeste, estabelecendo condições que permitirão o desenvolvimento de projetos para incrementar a oferta de gás no mercado brasileiro, aumentando a arrecadação e reduzindo as emissões de gases efeito estufa", informou o MME.

O tema foi debatido, ontem (6), durante reunião do ministro Moreira Franco com o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, e o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Reive Barros. Foi definido que a ANP e a EPE farão uma tomada pública de contribuições conjunta para identificar mecanismos de substituição, nos contratos de fornecimento de gás, do combustível importado (gás natural liquefeito - GNL) pelo gás doméstico.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.