em 12 meses

Inflação de Fortaleza sobe 1,71%; 2º menor do País

01:00 · 09.06.2018

Dando continuidade ao movimento de aceleração observado desde março deste ano, a inflação oficial de Fortaleza e região metropolitana medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,34% em maio deste ano, após variar 0,28% em abril e 0,23% em março. Os dados foram divulgados nessa sexta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os grupos de produtos e serviços à população que compõem o IPCA, o principal destaque foi o de transportes, com variação de 1,79%. Também ajudou a impulsionar o índice a alta de 1,18% observada no grupo habitação.

Além desses dois, também subiu a inflação no grupo de saúde e cuidados pessoais. Os grupos despesas pessoais e educação registraram 0,03% e 0,01%, respectivamente.

Por outro lado, impediram uma aceleração ainda maior da inflação de maio as baixas no grupo artigos de residência (-0,77%); vestuário (-0,68%) e alimentação e bebidas (-0,33%). O grupo comunicação registrou -0,01%. Com o resultado de maio, no ano, Fortaleza acumula inflação de 1,20%. No acumulado do ano, o índice é o menor da série desde 2012. Em 12 meses, o índice chega a 1,71% - segundo menor do País nessa base de comparação, atrás apenas de Belém (1,64%).

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.