DIA DAS MÃES

Gasto deve ser de R$ 108; shoppings ampliam horário

01:00 · 11.05.2018

São Paulo/Fortaleza. Levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV), divulgado, ontem (10), revela que os brasileiros pretendem gastar mais este ano para presentear as mães no próximo domingo (13), em comparação com o ano passado. O valor médio dos presentes subiu 11%, atingindo R$ 108, contra média de R$ 98 em 2017. O levantamento se baseia na Sondagem do Consumidor que ouviu 1.612 pessoas entre os dias 2 e 19 de abril, em todo o País.

a
Esperando quem deixou o presente para a última hora, os shoppings da Capital ampliam o horário de funcionamento no fim de semana. Os shoppings da rede Ancar Ivanhoe - North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei e Via Sul Shopping -, por exemplo, terão suas principais operações funcionando até as 23 horas na sexta (11) e no sábado (12). No sábado e no domingo (13), as lojas dos empreendimentos abrem as portas às 11 horas. Com isso, a expectativa é de um fluxo 15% maior ante igual período de 2017. As vendas devem crescer 13%, de acordo com a Ancar.

O Shopping Parangaba também aposta na ampliação do funcionamento para alavancar a movimentação e as vendas no mall. No domingo, as lojas do empreendimento abrem as portas uma hora mais cedo, às 13 horas, para receber o público. Com isso, as vendas devem ser 11% acima do comercializado em igual período do ano passado. A movimentação esperada é 10% maior que a observada em igual período de 2017.

No Shopping Benfica, o funcionamento no sábado será estendido até as 23 horas. No Shopping Del Paseo, é esperado um fluxo de pessoas 12% maior ante igual período de 2017. As vendas também devem crescer 12% na mesma base de comparação.

Expectativas melhores

A coordenadora da Sondagem do Consumidor do Ibre, Viviane Seda, a disposição positiva do consumidor é reflexo da melhoria das expectativas em relação à situação financeira das famílias. "Houve aumento do valor médio para todas as faixas de renda", sublinhou.

O indicador que mede a intenção de gastar para presentear as mães subiu 9,9 pontos, passando de 59,4, em 2017, para 69,3 este ano, melhor desempenho desde 2014. O maior aumento da intenção de gastos foi observado para a faixa de renda familiar mensal entre R$ 4,8 mil e R$ 9,6 mil (14 pontos). Itens de vestuário e perfumaria lideram a intenção de compra.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.