até 40 construtoras

Feirão terá 10 mil imóveis de R$ 100 mil a R$ 4 milhões

Evento será realizado, de 22 a 25 de novembro, pelo Sinduscon-CE, com o apoio do Sistema Verdes Mares

Durante o evento, que ocorrerá no Shopping RioMar Fortaleza, serão ofertados diferentes tipos de imóveis localizados na Capital cearense e também na Região Metropolitana ( FOTO: FABIANE A DE PAULA )
01:00 · 12.09.2018

Entre os dias 22 e 25 de novembro, o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE) vai realizar a primeira edição do seu Feirão de Imóveis, na Praça de Eventos (Piso L2) do RioMar Fortaleza, no Papicu. O evento deve reunir de 30 a 40 construtoras que, juntas, irão disponibilizar ao público cerca de 10 mil imóveis das mais variadas tipologias, em Fortaleza e Região Metropolitana, por preços que vão de R$ 100 mil a R$ 4 milhões.

A realização do Feirão de Imóveis conta com o apoio do Sistema Verdes Mares. "A gente entende a força que esse setor tem para a economia do Estado. Por isso, estamos apoiando o evento no intuito de reaquecer a economia. Queremos que o mercado reaja e podemos fazer isso através dessa parceria tão forte", afirma o gerente geral de comercialização do Diário do Nordeste, Rafael Rodrigues

De acordo com o presidente do Sinduscon, André Montenegro, essa é a "última oportunidade" que o consumidor terá para aproveitar as ofertas, tendo em vista que os estoques estão chegando ao fim. Isso abre caminho para os lançamentos projetados para 2019. Ainda assim, a meta do Sindicato é reduzir o número de estoque, hoje em 7,5 mil unidades, para algo em torno de 4 mil. "O Feirão vai ser uma oportunidade única para quem está à procura de um imóvel, pois todas as empresas vão oferecer variados tipos de ofertas, promoções e algumas devem até fazer lançamentos", afirma.

A redução do juro do crédito imobiliário e a possibilidade de parcelar um imóvel no Feirão em até 35 anos estão ainda entre outros pontos favoráveis ao consumidor, aponta Montenegro.

O Feirão do Sinduscon, ainda conforme Montenegro, tem como intuito não apenas disponibilizar boas condições de pagamento e produtos das mais variadas faixas de preços, como também vai permitir ao consumidor sair do evento com a casa própria e a mobília encaminhadas.

Para isso, o Sindicato já está fechando parcerias com empresas vinculadas ao setor imobiliário, como lojas de móveis planejados, de linha branca e de decoração, entre outras.

No mesmo ambiente, ainda estarão presentes diferentes bancos que financiam a casa própria. Até o momento, está confirmada a Caixa Econômica Federal, cuja parceria foi firmada no último dia 6 de setembro. Mas "praticamente todos os demais bancos que trabalham com crédito imobiliário" irão participar, garante André Montenegro.

"Lançamos (o Feirão) às construtoras e agora vamos fazer a captação dos bancos e de alguns patrocinadores master".

Pós-eleições

Diretor de planejamento do Sinduscon, Gama Filho diz que o Feirão foi pensado para acontecer anualmente e se tornará um marco, logo após as eleições. "Todas as grandes construtoras do Ceará estarão presentes no evento, que vai ocorrer no período pós-eleição, com o Brasil um pouco mais unido e em uma época de fim de ano, quando há maior aquecimento da economia", diz. O plano, acrescenta, é que os próximos anos sejam divididos em dois momentos importantes para o setor imobiliário.

"A ideia é dividir para que no primeiro semestre tenha o Feirão da Caixa e no segundo, o Feirão do Sinduscon". Uma estratégia para manter aquecido o mercado ao longo de todo o ano.

Espaço democrático

Quanto à escolha pelo shopping, a justificativa é que se trata de um espaço "democrático", por onde circula todos os dias um grande número de pessoas.

"No Feirão, teremos do imóvel popular até o altíssimo padrão, e no shopping, que é um ambiente democrático. Vamos ter a presença de bancos, de cartórios de imóveis e tudo o que venha a organizar a aquisição ou pelo menos a dar o primeiro passo em relação à compra da casa própria", completa.

O que eles pensam

Oportunidade para todos

"O Feirão do Sinduscon vai acontecer quando o processo eleitoral já estiver concluído e a economia mais fortalecida. Então, a gente acredita que é uma excelente oportunidade para o cliente que pretende adquirir um imóvel. Nós, da Engexata, estaremos lá com produtos bem alinhados com a tendência do futuro, diria até que mundial, porque estamos focados em apartamentos compactos de 30 metros quadrados (m²) a 100 m². Essa é a tendência: que tudo fique moderno, mais tecnológico e mais prático, seja na limpeza, na conservação, na redução de custo de IPTU, condomínio, etc. Ainda não estudamos que tipos de descontos vamos ofertar, mas não será nada exagerado como o que foi visto no primeiro semestre porque os estoques estão diminuindo e não houve novos lançamentos".

Ananias Granja
Diretor administrativo e financeiro da Engexata Engenharia

"Esse é o tipo de evento que terá uma chancela, um selo. E ele traz uma segurança para o consumidor até então não vista nos outros tipos de eventos imobiliários na cidade. O Sinduscon traz mais tranquilidade, pois o consumidor sabe que todos os empreendimentos serão juridicamente perfeitos, legalizados. Isso traz qualidade e tranquilidade para o consumidor. E vão se unir em um só lugar todas as possibilidades de compra de produtos semelhantes, com mesmo status jurídico, perfeito. Do ponto de vista do incorporador, vamos ter uma ampla divulgação e, naturalmente, esperamos um fluxo significativo de clientes no Feirão. Queremos vender. O negocio só é bom quando acontece. Todos os incorporadores estão em pé de igualdade, não tem ninguém vendendo gato por lebre".

Marcelo Prado
Diretor Executivo da Dias de Sousa Construções

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.