Na capital

Feirão da Caixa gira R$ 629,7 mi

01:00 · 31.05.2018
Image-0-Artigo-2407236-1
De acordo com o balanço divulgado pelo banco, foram fechados ou encaminhados 2.997 negócios durante o evento realizado na Capital cearense FOTO: SAULO ROBERTO

O 14º Feirão Caixa da Casa Própria em Fortaleza registrou uma queda de 30,95% na movimentação de negócios em relação a 2017. Na edição de 2018, o evento movimentou R$ 629,7 milhões, enquanto que no ano passado o montante chegou à casa dos R$ 912 milhões.

Ao todo, foram fechados ou encaminhados 2.997 negócios, com um total de 10.990 pessoas visitando o Feirão, realizado pela primeira vez no Espaço Jangada, no shopping Iguatemi. Em 2017, o Feirão de Fortaleza contou com cerca de 4.600 negócios fechados ou encaminhados e o número de visitantes também foi maior: 15.547.

Brasil

O balanço do evento em todo o Brasil também foi negativo. Em 2018, o Feirão movimentou R$ 9,2 bilhões nas 15 cidades onde foi realizado, sendo que, em 2017, o valor foi de R$ 13,1 bilhões. Portanto, houve uma retração de 29,77%. Foram fechados ou encaminhados 49.458 negócios, com ticket médio de R$ 180,3 mil.

Abaixo da expectativa

O resultado vai de encontro com a própria expectativa da Caixa Econômica Federal (CEF), cujos porta-vozes aguardavam resultados semelhantes ou até melhores que os verificados em feirões anteriores, tendo em vista a redução das taxas de financiamento anunciada recentemente pelo banco.

Além de reduzir em até 1,25 ponto porcentual as taxas de juros do crédito imobiliário utilizando recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo, outro atrativo era o aumento de 50% para 70% da cota de financiamento de imóvel usado.

A Caixa ainda disponibilizou mais correspondentes bancários e chegou a reduzir o valor mínimo dos imóveis à venda no Feirão na Capital, de R$ 150 mil para R$ 128 mil, sendo o valor máximo R$ 1,5 milhão. Ainda assim, a medidas foram insuficientes para aquecer as vendas.

O Feirão da Caixa ofertou 202 mil imóveis em Fortaleza (CE), Belo Horizonte (MG), Goiânia (GO), Rio de Janeiro (RJ), São Luís (MA), Uberlândia (MG), Brasília (DF), Belém (PA), Campinas (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC) e Recife (PE).

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.