DIZ ABRAMAT

Faturamento de materiais de construção cresce 4,5%

01:00 · 17.05.2018

São Paulo. A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) apurou em abril crescimento no faturamento deflacionado de 4,5% em relação a igual mês do ano passado. No acumulado deste ano, a alta é de 1,9%.

Os destaque no mês foram os produtos de base, com aumento de 6,7% nas vendas, e acabamento, com 1,4%.

Conforme a Abramat, o resultado acumulado em 2018 é superior à projeção do ano. No entanto, a Associação diz que poderão ocorrer variações pontuais nos resultados mês a mês ao longo do ano, fazendo com que a previsão para o fechamento de 2018, com alta de 1,5%, seja mantida. Tal resultado indicaria 2018 como um ano de inflexão para o segmento da construção, precedendo a retomada de um crescimento mais robusto.

A Associação mantém previsão para o fechamento de 2018 de alta de 1,5%, puxadas pelas vendas ao varejo, seguidas das vendas ao segmento imobiliário. Obras de infraestrutura têm sua retomada prevista apenas para 2019.

"Nossos estudos vêm confirmando as expectativas de nossos associados. Vale lembrar que estamos sujeitos à diversas externalidades, como flutuações do câmbio, mudanças no acesso ao crédito, alterações nas regras de financiamento imobiliário, eleições, entre outras, que podem trazer efeitos ao desempenho do setor da construção civil", afirma Rodrigo Navarro, presidente da associação, por meio de nota.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.