cotado a R$ 3,1590

Dólar tem maior valor em um mês

00:00 · 21.04.2017

São Paulo. As incertezas em relação à tramitação da reforma da Previdência no Congresso predominaram ontem (20), véspera de feriado no Brasil. O dólar comercial fechou em alta de 0,34%, a cotado R$ 3,1590. É o maior valor desde o dia 14 de março (R$ 3,1740).

A valorização da moeda americana foi contida pela rolagem de mais de 16 mil contratos de swap cambial que vencem em maio, no montante de US$ 800 milhões. A operação, realizada pelo Banco Central, equivale à venda futura de dólares.

Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores, fechou em alta de 0,56%, aos 63.760,62 pontos. O giro financeiro foi de R$ 6,6 bilhões. Vale PNA ganhou 5,87% e Vale ON avançou 5,17%. A companhia divulgou produção de minério recorde para o primeiro trimestre. Além disso, o preço da commodity na China subiu mais de 1% neste pregão. As ações da Petrobras, por sua vez, subiram 2,05% (PN) e 1,56% (ON). No setor financeiro, Itaú Unibanco PN caiu 1,46%; Bradesco PN, -1,73%; Bradesco ON, -1,11%; Banco do Brasil ON, +0,80%; e Santander unit, +1,07%.

O setor de saneamento foi o destaque de queda da Bolsa na sessão de ontem. As ações ON da Sabesp recuaram 5,58% e lideraram as baixas do Ibovespa, com a recomendação de venda dos papéis por um banco.

Os juros futuros recuaram no curto prazo, reagindo à a divulgação da prévia da inflação oficial do País, o IPCA-15, que ficou abaixo do centro da meta do Banco Central. Nos contratos de prazo mais longo, as taxas subiram, refletindo a alta do dólar. Já o contrato de DI (Depósito Interfinanceiro) para janeiro de 2018 caiu de 9,555% para 9,535%.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.