CLÍNICA NO SÃO MATEUS

Digestive Center é inaugurada; aporte de R$ 2,5 milhões

Com foco no tratamento da obesidade, clínica terá até 60 profissionais da Saúde em área de 700 metros quadrados

Sócios Adriano Vasconcelos e Marcelo Falcão; diretor Ibraim Cavalcante; sócio André Benevides; diretor do Hospital São Mateus, Cláudio Rocha; diretor Helmut Poti; e sócios Wilson Parente e Gustavo Benevides ( FOTO: KID JÚNIOR )
01:00 · 07.12.2017

Apostando em procedimentos médicos pioneiros no Norte, Nordeste e Centro-Oeste, a Digestive Center foi oficialmente inaugurada ontem, em cerimônia no 18º andar da Torre Saúde do Complexo São Mateus, após três meses em atividade. A clínica, que representa um investimento da ordem de R$ 2,5 milhões, ocupa todos os 700 metros quadrados (m²) do último andar da torre. Com cerca de 25 profissionais da Saúde, a Digestive Center tem como foco o tratamento da obesidade.

"Quando Lenise (Queiroz Rocha) projetou e idealizou o Complexo São Mateus, foi para receber clínicas desse porte, para que elas dessem suporte ao hospital e o hospital também recebesse suporte dessas clínicas. Estamos muito felizes", destacou o diretor do Hospital São Mateus, Cláudio Rocha.

A Digestive Center funcionava no 16º andar da torre, em um espaço menor que o atual, mas cresceu em resposta à forte demanda pelo tratamento da obesidade. "Era uma clínica de 140 metros quadrados que começou a não caber mais naquele espaço. Para tratar a obesidade, precisamos de uma equipe com vários profissionais, como psicólogo, nutricionista, psiquiatra, cirurgião plástico", diz um dos diretores da Digestive Center, Ibraim Cavalcante.

Pioneirismo

O pioneirismo e a inovação figuram como duas das principais apostas da clínica. "Somos pioneiros (no Norte, Nordeste e Centro-Oeste) no procedimento de gastroplastia endoscópica. É um procedimento que vem substituir a cirurgia bariátrica, pois é pouco invasivo e não precisa de cirurgia, sem necessitar de internação em hospital, e o paciente volta para casa no mesmo dia", diz um dos sócios do empreendimento, Adriano Vasconcelos.

"Nossa expectativa é termos em torno de 50 a 60 profissionais da Saúde aqui em seis meses. A clínica é bem avançada. Fizemos o primeiro tratamento de endoscopia para refluxo do Norte, Nordeste e Centro-Oeste", finaliza o diretor da Digestive Center, Helmut Poti.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.