Da seleção brasileira

Copa: setores vão parar apenas durante partidas

Shoppings investem em telões para atrair público. Indústria terá acordo específico de cada segmento

01:00 · 08.06.2018
Image-0-Artigo-2411178-1
Centros de compras da Capital terão telões para exibir partidas. Lojas poderão fechar 30 minutos antes e abrir 30 minutos após os jogos ( FOTO: ERIKA FONSECA )

Com a Copa do Mundo 2018 batendo à porta e três jogos da seleção brasileira já com data definida, setores da economia cearense definem será o funcionamento. Os shoppings centers de Fortaleza, de um modo geral irão abrir normalmente, ficando a critérios dos lojistas abrirem ou não no horário dos jogos do Brasil. Nos bancos, a recomendação é que o funcionamento durante as partidas seja suspenso. Na indústria, cada setor deve adotar uma estratégia adequada aos processos de produção de cada segmento.

Caso os shoppings decidam parar, os estabelecimentos deverão fechar meia hora antes do início da partida e abrir trinta minutos após o término do jogo. O shopping Iguatemi Fortaleza irá abrir normalmente, ficando a critério das lojas adotar o esquema já citado.

Segundo Wellington Oliveira, superintendente do empreendimento, o Iguatemi estará com o espaço "Arena Fest", com telões que transmitirão todos os jogos do campeonato, além sinuca, chute a gol e brindes. "Teremos telões na praça de alimentação próxima à parte antiga transmitindo todas as partidas, bem como pintura facial, brindes e promoções ofertadas pelos quiosques e restaurantes", afirma Wellington.

As lojas e quiosques do Grand Shopping poderão fechar meia-hora antes do jogo e abrir meia-hora depois. A praça de alimentação, que contará com telão para transmitir as três partidas da seleção brasileira que já estão marcadas, funcionará normalmente. A postura também foi adotada pelo Shopping Parangaba, com as operações ficando livres para definir se funcionam ou não durante o jogo, podendo fechar 30 minutos antes e abrir 30 minutos depois do fim da partida. Um telão na para de alimentação também transmitirá os jogos.

Nos dias dos jogos da seleção brasileira, os shoppings do Grupo JCPM, RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy, operações como lojas e quiosques funcionarão com parada para os jogos 30 minutos antes do início da partida e retornando 30 minutos depois. Serviços como Detran, AMC, Ministério do Trabalho e Etufor, seguirão o funcionamento determinado por cada órgão. O RioMar Fortaleza está preparando para os torcedores lounge temático "Arena da Copa do Mundo" para exibir os jogos. O espaço também vai exibir outras partidas do mundial.

Durante os jogos do Brasil, o Shopping Benfica funcionará em horário normal. Durante as transmissões, as operações poderão fechar 30 minutos antes do início dos jogos e reabrir até 30 minutos após o final das partidas. A superintendente do empreendimento, Marcirlene Pinheiro, ressalta que quem escolher o Shopping Benfica para assistir aos jogos do Brasil terá à disposição quatro telões na praça de alimentação e será recepcionado com a primeira taça de chopp por conta do empreendimento. Após o apito final, terá roda de pagode, na Praça de Alimentação (1º piso).

Os shoppings da Rede Ancar Ivanhoe no Ceará - North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei e Via Sul Shopping - também funcionam normalmente durante a Copa. Nos horários de jogos do Brasil, as lojas, quiosques e operações da Praça de Alimentação têm funcionamento facultativo, com abertura à critério de cada lojista. No Shopping Del Paseo, as lojas irão parar meia hora antes dos jogos do Brasil e retomar meia hora depois. Também haverá transmissão dos jogos em telão na praça de alimentação do shopping.

Durante a Copa, as lojas do Shopping Aldeota vão fechar 30 minutos antes dos jogos do Brasil e reabrir 30 minutos depois. A praça de alimentação continua funcionando e haverá telões transmitindo os jogos. O shopping também está com a promoção "Nossa camisa tem força": a cada R$40 em compras, o cliente ganha um selo. Juntando 5 selos e mais R$15, é possível trocar por uma camisa da campanha para torcer pelo Brasil.

No comércio de rua, a recomendação da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza é que as lojas funcionem normalmente. Nos dias das partidas da seleção brasileira, telões na Praça do Ferreira farão a transmissão dos jogos.

Bancos

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) emitiu comunicado informando sobre o funcionamento das agências bancárias durante a Copa. Segundo a circular, por motivos de segurança das agências e de transporte de valores, a recomendação é de que em dias de jogos às 9h, o atendimento ao público nas agências bancárias do interior, das capitais e regiões metropolitanas será das 13h às 17h. Quando os jogos forem às 11h, o atendimento ao público será das 8h30 às 10h30 e das 14h00 às 16h00. E quando as partidas iniciarem às 15h, o atendimento será das 9h00 às 13h00.

Fábricas

As características do processo de produção dos segmentos industriais torna a decisão sobre a paralisação durante os jogos específica de cada setor e até mesmo de cada indústria. No Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem em Geral no Estado do Ceará (Sinditêxtil), a orientação é que as fábricas funcionem normalmente. "Deve haver uma parada pontual na hora exata do jogo, mas depois volta tudo ao normal. Claro que isso é facultativo", afirma Kelly Whitehurst, presidente do Sinditêxtil.

Marcos Soares, presidente do Sindicato dos Químicos do Ceará (Sindquímica-CE), afirma que a maioria das empresas irá trabalhar com o esquema de banco de horas. "Os funcionários trabalham um pouco mais antes ou depois e compensam no horário dos jogos. Cada empresa faz o seu turno e isso é negociado entre os patrões e os trabalhadores para que a situação fique adequada para os dois lados", pontua.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.