em 2016

Comércio do Estado gera receita de R$ 85,7 bi

01:00 · 29.06.2018

As empresas do comércio cearense geraram no ano de 2016 uma receita operacional bruta de R$ 85.708.517 com pagamentos de R$ 4.573.106 em salários, retiradas e outras remunerações e ocuparam 280.702 pessoas em 46.092 unidades.

Os dados são da Pesquisa Anual de Comércio 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados ontem. A pesquisa investiga a estrutura produtiva das empresas comerciais de todo o País, aferindo produtividade, taxa de margem do comércio, salários, retiradas e outras remunerações e pessoal ocupado, entre outras variáveis.

Em 2016, havia em todo o Brasil, 1,546 milhão de empresas, que geraram R$ 3,3 trilhões de receita operacional líquida, pagaram R$214,8 bilhões de salários, retiradas e outras remunerações e ocuparam 10 milhões de pessoas, em 1,685 milhão de unidades locais.

O estudo feito pelo IBGE divide a atividade em três grupos: comércio varejista, atacadista e de veículos, peças e motocicletas. No Ceará, a maioria dos estabelecimentos (84%) e de pessoas ocupadas (75%) está no comércio varejista.

Em todo o País, o atacado ganhou 2.290 endereços em 2016, fechando o ano com 217.233 estabelecimentos. Já o varejo, perdeu 37.239 pontos de venda no período, somando 1.308.688 locais no fim daquele ano. O varejo teve uma perda líquida de 44.103 empresas (2,8%) entre 2015 e 2016, chegando a 1.205.003. No mesmo período, os atacadistas reduziram 502 unidades (0,3%), caindo para 195.304 em todo o Brasil.

Remunerações

O salário médio no comércio caiu 1,23%, saindo de R$ 1.670, em 2015, para R$ 1.650 no ano de 2016. Salários pagos e outras remunerações somaram R$ 214,8 bilhões. A receita do setor caiu 0,3% (R$ 3,23 trilhões) em relação a 2015, quando já havia registrado recuo de 1,2%. Venda de veículos automotores (-9,6%) e supermercados (1,5%) tiveram os piores desempenhos. O varejo faturou 4,74% a menos (R$ 1,47 trilhão) em 2016. O atacado registrou crescimento de 5,49% (R$ 1,48 trilhão) em receita naquele ano.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.