Combustível: preço pode ter aumento

00:00 · 19.05.2017 / atualizado às 00:08

Rio. Após a delação dos controladores do JBS, a disparada da cotação do dólar ontem (18) poderá refletir no aumento de preços da gasolina na próxima revisão da política dos preços dos combustíveis da Petrobras. Em Nova York para uma palestra a investidores, o presidente da estatal, Pedro Parente, destacou que os preços dos combustíveis refletem principalmente o câmbio e os preços do petróleo no mercado internacional.

LEIA MAIS

.Incertezas regem os rumos da economia

.Temer teria adiantado corte de juros à JBS; Banco nega

.Setor produtivo mostra apreensão com o futuro

.'Reformas da Previdência e da CLT não têm como avançar'

.Dólar dispara mais de 8%; maior alta em 18 anos

.JBS teria comprado grande volume

.Unidade do Grupo no Ceará segue operando

"Nós não formamos nem o preço da commoditie (petróleo), nem do câmbio. Então, dependendo da combinação que inclui o preço da commoditie e do câmbio em nossa revisão (de preços), nós vamos reagir para cima ou para baixo. A política de preços é exatamente a mesma, para pra proteger a companhia em momentos como este. Hoje (quinta-feira) é um dia atípico, com reação muito forte aos acontecimentos da maior gravidade, e teremos que acompanhar para ver o que vai acontecer nos próximos dias", afirmou Parente a jornalistas durante seu encontro com investidores em Nova York.

Mudança no comando

Sobre possíveis mudanças ou não no comando do governo federal, Pedro Parente lembrou que tem um mandato como presidente da estatal até abril de 2019, e que, se a orientação de uma gestão independente for mantida pelo sócio majoritário da companhia, não vê razões para deixar o cargo antes do fim do prazo previsto.

"Se ele (Michel Temer) sair e o novo governo mantiver as linhas básicas de ação do governo anterior, como o funcionamento da Petrobras como uma empresa tomadora de suas decisões de acordo com a racionalidade econômica, não há nenhuma razão para eu sair da empresa", afirmou Pedro Parente.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.