COLUNA

Mercado: na casa do trilhão de $

valerya

Mercado

VALERYA ABREU • marketing@diariodonordeste.com.br

01:00 · 10.09.2018

A segunda companhia a atingir o maior valor da história, a Amazon, que chega à casa de US$ 1 trilhão, ficando lado a lado com a também americana Apple (que passou, em agosto último, ao mesmo valor), é mais significativa historicamente do que financeiramente. Isso porque representa o quão poderosas as companhias se tornaram na sociedade de consumo atual, reunindo recursos que correspondem à receita que seria suficiente para resolver muitos problemas do mundo. No caso da Amazon, que nasceu como uma livraria online, o salto no valor da companhia é gigante, proporcional ao valor que hoje o mercado dá para negócios que conseguem reinventar o próprio mercado.

 

 

On

Omni

O Brasil está na 10ª posição no mundo no ranking Top 10 Países Omnichannel, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising. Isso mostra que os brasileiros estão antenados com a internet e o fato merece atenção das marcas.

 

 

Off

Rompeu

Em tempo de janelas de vidro, fica mais fácil, e também mais difícil, manter a coerência. E isso vale para pessoas, marcas e produtos. O rompimento de contrato entre Pablo Vittar e a marca brasileira Vicenza é prova disso. Prevaleceu a coerência ...

Campanha nova

Com a participação de clientes reais, a marca Outback está convidando fãs para reviverem experiências marcantes em sua nova campanha, denominada #MomentoOutback. A ideia da ação é mostrar momentos postados por clientes da rede em seus restaurantes, “revivendo assim, junto com eles, esses momentos postados”.

Acelerando

Oxigênio Aceleradora, que pertence à seguradora Porto Seguro, está com inscrições abertas para o seu 7º ciclo de aceleração, após a reformulação do programa agora no modelo que eles denominaram de Ignição. Serão selecionadas de cinco a oito startups e o investimento será de R$ 200 mil em cada empresa selecionada. O prazo para inscrição vai até o próximo dia 21de outubro. 

 

‘‘Quando uma ideologia fica bem velhinha, vem morar no Brasil”.

Millôr Fernandes
Desenhista, humorista, dramaturgo, escritor, poeta, tradutor e jornalista

 

indaia

Grupo Edson Queiroz , dono das marcas Indaiá e Minalba, já está operando também com as marcas São Lourenço® e Petrópolis®, recém-adquiridas da suiça Nestlé, além das marcas Nestlé Pureza Vital®, por meio de acordo de licenciamento, e as marcas globais premium Perrier®, S. Pellegrino® e Acqua Panna®, essas em regime de distribuição, com exclusividade em todo o Brasil. Com esse passo, o Grupo se consolida como maior do País no segmento de águas. Para fazer a gestão de todas essas marcas, foi criada uma divisão de alimentos e bebidas, a Minalba Brasil, que tem no seu portfólio, além das oito marcas de água mineral, a linha de refrigerantes Refri, as bebidas mistas Citrus e o energético Night Power. A operação conta ainda com a aquisição de três fábricas localizadas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e em Minas Gerais. “A Minalba Brasil abre caminho para ter um portfólio de marcas diversificado, capaz de atender todos os perfis de consumidores e impulsionar nossa presença no mercado nacional, por meio de novos canais de vendas e a chegada a novas praças”, comenta Antonio Vidal, superintendente da Minalba Brasil. A nova operação agrega três mil postos de trabalhos para operar a estrutura no País. Toda a operação de aquisição das novas marcas teve início em março último, quando o Grupo Edson Queiroz anunciou a compra da divisão de águas da Nestlé no Brasil. Após análise do CADE, a operação foi aprovada sem ressalvas e a aquisição foi concluída em agosto. 

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.