Coluna

Gestão Ambiental: nova RPPN no Ceará

maristela

Gestão Ambiental

MARISTELA CRISPIM

01:00 · 07.02.2018

Em 31 de janeiro foi comemorado oficialmente pela primeira vez o Dia Nacional das Reservas Particulares de Patrimônio Natural. Na ocasião, o ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, e o presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ricardo Soavinski, criaram novas unidades de conservação, incluindo mais uma em território cearense, a RPPN Sítio Lagoa, em Guaramiranga. Com 70 hectares de área preservada, a RPPN é oriunda do projeto "RPPN: conservação voluntária gerando serviços ambientais", executado pela Associação Caatinga e patrocinado pela Fundação Grupo Boticário. Por meio da parceria da Associação Caatinga com a Aquasis, entidade que já realiza o trabalho de conservação de espécies na região e que identificou a propriedade.

Apoio a projetos

Estão abertas as inscrições para a chamada do primeiro semestre de 2018 do Edital de Apoio a Projetos da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, uma das principais instituições da iniciativa privada a apoiar financeiramente ações e pesquisas científicas em conservação da biodiversidade brasileira. As inscrições podem ser feitas até 31 de março, no site da instituição, na seção editais.

Image-0-Artigo-2359564-1
O Brasil pode ter, em breve, a maior área marinha protegida do Atlântico Sul. Os arquipélagos São Pedro e São Paulo, a 1.000Km de Natal, e o de Trindade e Martim Vaz, um pouco mais ao sul, a 1.000Km de Vitória, estão em processo de se tornar Unidades de Conservação (UCs). As áreas estão entre as mais remotas do território nacional, abrigam formações geológicas únicas e alto grau de endemismo, ou seja, várias das espécies que lá vivem só existem ali. A proposta do Ministério do Meio Ambiente (MMA) é criar mosaicos de áreas protegidas. (Foto: Canindé Soares )

Jazz Verde

Em Guaramiranga, localizada, na APA do Maciço de Baturité, o Festival Jazz & Blues anualmente proporciona quatro dias de boa música durante o Carnaval. Para que o público conheça e mantenha uma boa convivência com a riqueza natural da serra, o Festival soma, às atividades musicais, ações ambientais, com apoio da Sema e da Cagece.

"A água de boa qualidade é como a saúde ou a liberdade: só tem valor quando acaba"

João Guimarães Rosa
Escritor

Bom

Prêmio Fiec

Foi lançada ontem a 14ª edição do Prêmio Fiec por Desempenho Ambiental, que visa agraciar empresas industriais que tenham se destacado na conservação do meio ambiente e implementado atividades que resultem na melhoria da qualidade ambiental. Podem participar micro e pequenas, médias e grandes empresas, nas modalidades Produção Mais Limpa; Reúso de Água; Educação Ambiental e Integração com a Sociedade.

Mau

Reserva hídrica

Há grande esperança de que a quadra chuvosa de 2018 amenize a crise hídrica do Ceará. Atualmente, dos 155 açudes monitorados pela Cogerh, 125 estão abaixo de 30%, sendo 51 no volume morto e 22 secos. A reserva geral está em 6,62%. Sendo que os três principais reservatórios estão em situação crítica. O maior (Castanhão) está com 2,2%; o Orós (segundo maior), com 5,73%; e o terceiro, Banabuiú, com apenas 0,46%.

O Itaú Unibanco, em parceria com o Instituto Ekos Brasil, acaba de anunciar os nove projetos selecionados na edição atual do Programa Ecomudança, com um valor total de aporte de aproximadamente R$ 725 mil. Ao todo, foram 1.205 inscrições.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.