coluna

Gestão Ambiental: mais de 2ºC até 2100

maristela

Gestão Ambiental

MARISTELA CRISPIM

01:00 · 09.08.2017

É improvável que o aumento de temperatura global até 2100 fique abaixo dos 2oC, segundo pesquisas publicadas ontem na revista "Nature Climate Change". Segundo uma das pesquisas, da Universidade de Washington, a probabilidade é que as temperaturas subam entre 2oC e 4,9oC até 2100. Ainda de acordo com o levantamento, a possibilidade de que as metas de Paris sejam atingidas é inferior a 5%. Para chegar a essa conclusão, os cientistas usaram dados de 1960 a 2010. A chance de o aumento de temperatura ser inferior a 1,5oC é de 1%. Segundo o estudo, seria necessária uma rápida redução das emissões para limitar o aumento da temperatura a 2oC. A pesquisa ainda afirma que é pouco provável que seja alcançado o objetivo do Acordo de Paris de zerar as emissões na segunda metade do século.

Financiamento

Um grupo de investidores brasileiros e portugueses lançaram um banco de investimentos global dedicado exclusivamente a projetos com retorno não só financeiro como social e ambiental. Sediado em Londres, o Granito&Capital nasce com um mandato para captar US$ 2 bi para projetos nas áreas de energia renovável, saúde, desenvolvimento urbano, infraestrutura e finanças.

Image-0-Artigo-2280139-1
A ONU Meio Ambiente convida universitários de todo o mundo a participar do Desafio de Inovação sobre Plástico Marinho 2017. A iniciativa busca reconhecer projetos de engenharia, design, monitoramento marinho e comunicação que apresentem soluções para o problema do lixo nos oceanos. Prazo de inscrição é 6 de outubro. Os vencedores serão convidados para a 6ª Conferência Internacional sobre Lixo Marinho, que acontece em 2018 em San Diego, nos Estados Unidos. Foi lançado, na semana passada, o Pacto por um Ceará Sustentável, que objetiva uma atuação articulada entre órgãos públicos estaduais, municipais e federais, além de instituições da sociedade civil, para elaborar políticas de gestão ambiental integradas, focadas na convivência com o semiárido, saneamento básico e energias renováveis.

Rural sustentável

A Itaipu Binacional, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e a secretaria estadual de Agricultura e Abastecimento estenderam até 2020 a parceria trilateral para a promoção do desenvolvimento rural sustentável. A cooperação foi responsável pela criação do primeiro escritório descentralizado da FAO no Brasil.

"As decisões que tomamos sobre a nossa alimentação provocam impactos ambientais, sociais e econômicos nas cadeias de produção de alimentos"

Maurício Voivodic
Diretor-geral do WWF-Brasil

Bom

Empreendedorismo

A empresa brasileira Piipee, que criou uma solução biodegradável para limpar urina e substituir a água das descargas, é uma das dez finalistas da Accelerate 2030, iniciativa do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) para divulgar e reproduzir em diferentes partes do mundo projetos de empreendedorismo sustentável. Companhia vai a Genebra expor ideias.

Mau

Sobrecarga

Há uma semana (2 de agosto), tivemos o Dia de Sobrecarga da Terra, marco do consumo dos recursos naturais do Planeta disponíveis para o ano. O cálculo é feito pela Global Footprint Network(GFN). O WWF-Brasil alertou que a redução do desperdício pode adiar em 11 dias o Dia da Sobrecarga da Terra e, com foco em alimentação, divulgou dicas de como ser sustentável.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.