Coluna

Egídio Serpa: Tesouro elogia ajuste do CE

egidio-serpa

Egídio Serpa

egidio@diariodonordeste.com.br

00:00 · 21.03.2017

Mauro Benevides Filho, secretário da Fazenda do Ceará, era ontem o mais feliz da missão que se encontra aqui em Rotterdam para a celebração da assinatura do Memorando de Entendimento da Cearáportos com a Autoridade do porto desta cidade. A secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Viscosi, disse, em reunião com técnicos do Ministério da Fazenda, que o governo cearense está ajustado para os próximos 20 anos. Mauro credita esse elogio a três medidas que Camilo Santana tomou: 1) a PEC do crescimento (nada de corte); 2) a reforma da Previdência estadual, que melhorou a sua receita; e 3) a redução de 10% dos incentivos fiscais. "Tudo isso faz do Ceará fonte de referência para novos investimentos de empresas nacionais e estrangeiros", afirma Benevides.

Na hora

Na Europa, tudo costuma começar no horário. A visita da missão cearense ao porto de Rotterdam estava marcada para as 9h30 de ontem. Toda a comitiva chegou no horário marcado. Caiu uma chuva, e os holandeses tiveram de providenciar guarda-chuva para cada cearense. O passeio atrasou 30 minutos.

Jaguaribana

Duna Uribe Gondim, uma cearense de Jaguaribe, é gerente de projetos do Porto de Rotterdam. É, para Danilo Serpa, presidente da Cearáportos, "o anjo da guarda" que o ajudou a construir a parceria com os holandeses. Foi ela que fez de tudo: expôs a operação do porto e traduziu as falas do chefe, René van Der Plas.

Safira

No próximo dia 30, o Tribunal de Contas do Ceará fará novo "Café com Leitura" - que terá o jornalista e escritor Pádua Lopes como atração. Ele falará sobre seu livro "Safira não é flor", um romance escrito no melhor estilo da moderna literatura.

Pecém

Informam Ricardo Arten e Marcus Albuquerque, da APM Terminalls, que opera no Pecém: nos últimos dois anos, a empresa investiu mais de R$ 100 milhões em dois porteineres. Resultado: a produtividade do porto triplicou.

Rotterdam confidencial

Constará do Memorando de Entendimento que será celebrado amanhã pela Cearáportos com o Porto de Rotterdam cláusula de confidencialidade. Haverá "due diligence" - auditoria e investigação normais em transações desse tipo. Uma fonte da PGE revela que o modelo jurídico do futuro contrato entre as partes só estará concluído depois de estudos acurados a serem feitos até o fim do ano. Os holandeses já sabem que - para alcançar o objetivo de ser sócios da Cearáportos - "terão de adaptar-se à legislação brasileira". A mesma fonte disse que a Cearáportos e Autoridade do Porto de Rotterdam "têm sido transparentes".

BR Distribuidora

Depois da decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) de liberar a Petrobras para vender seus ativos, a venda da BR Distribuidora é questão de tempo. Pedro Parente, presidente da estatal, já disse que trabalha para recomeçar os desinvestimentos o mais rápido possível.

Bom

Estrada duplicada

Será assinada nos próximos dias pelo governador Camilo Santana a ordem de serviço para a retomada da duplicação da estrada Guaiúba-Redenção. Valor da obra: R$ 80 milhões.

Ruim

Preços

No Aeroporto Pinto Martins, que passará à gestão da alemã Fraport, não há um serviço de WiFi gratuito. Mas há outro problema: os altos preços dos bares e restaurantes.

Livre Mercado

O governo informa que a maioria dos casos do processo de desapropriação das áreas à margem dos trilhos do VLT de Fortaleza "está sendo feita pela via do entendimento pela mediação". Uma força-tarefa da PGE - com avaliadores e assistentes sociais - tem trabalhado dia e noite para manter em dia o cronograma em coordenação com a Secretaria de Infraestrutura. São muito poucos os casos resolvidos pela via judicial. Os holandeses do porto de Rotterdam sabem de tudo sobre o funcionamento do Complexo do Pecém (Cipp).

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.