coluna

Egídio Serpa: quer inovar? Há dinheiro

egidio-serpa

Egídio Serpa

egidio@diariodonordeste.com.br

01:00 · 11.07.2018

Empresa Brasileira de Inovação e Pesquisa, vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia, a Finep abriu em Fortaleza seu primeiro escritório regional no País. Ele está no 8º andar do Edifício Ébano, na rua Costa Barros 215 (Aldeota) e já oferece financiamento a projetos de empresas de todos os portes. Ronaldo Bravo, analista da Finep, explicou a empresários da indústria e da agropecuária, com os quais se reuniu 2ª feira, 9, que as empresas com faturamento superior a R$ 90 milhões/ano podem tratar diretamente com o escritório local; aquém dessa receita, o contato deve ser feito com o agente regional - o BNB, operador do Inovacred, que, como sugere o nome, é a linha de crédito para projetos que, obrigatoriamente, devem conter itens de inovação.

Termaco

Está sendo inaugurada a nova sede da filial paulista da Termaco, empresa cearense de logística com atuação em nove estados. A filial , que está localizada em Guarulhos, tem área de 9,3 mil m². Equipamentos e obras custaram R$ 1 milhão.

Desonestos

No PL 4576, que disciplina o comércio dos produtos orgânicos, está dito no seu artigo 6º que incorrerá em crime "quem comercializar como orgânico produto que não o seja". É aqui que reside o perigo: há produtores que só fazem exatamente isso.

Energia

Ontem, no lançamento do III Congresso Brasileiro de Geração Distribuída de Energia, na Fiec, revelou-se: está prestes a ser revelada a empresa que implantará o projeto de geração solar de 270 MW na Chapada do Apodi. É uma estrangeira.

Filharada

Ontem, na Fiec, durante o lançamento do Congresso Brasileiro de Geração Distribuída de Energia, um industrial lembrou a outro: "A bancada dos filhos será ampliada no Ceará. Na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados".

Empreender é necessário

Empreender! Esta é a vocação do brasileiro, cuja criatividade - gerada pelas dificuldades que enfrentou e tem enfrentado ao longo da vida - é a matéria prima do empreendedorismo, que se alicerça, também, na educação. Eis o resumo do que disse o empresário Edson Queiroz Neto aos associados do Ibef-Ceará, para os quais falou ontem no Gran Marquise. Ouvido por um auditório atento, ele renovou a crença na democracia e no mercado livre, falou sobre presente e futuro do Grupo Edson Queiroz, citou como bom exemplo de empresas modernas o Grupo Betânia e o Ary de Sá e disse que o Brasil precisa de mudança.

Desfile

No desfile das escolas de samba de 2019, no Rio, a União da Ilha homenageará o Ceará com o enredo "A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do Céu". Elano Guilherme, do Sindconfecções, quer fazer do evento um desfile do que o Ceará produz na indústria, pecuária, energia e moda.

Bom

Reforço

Será reforçada, na eleição deste ano, a bancada federal dos donos de cartórios. O Ceará terá um representante - Denis Bezerra, cuja eleição para a Câmara dos Deputados é dada como certa.

Ruim

Energia

No Nordeste, a energia eólica bate recordes de potência e de preço baixo: entre U$ 18,14 e 20,23 / MW h. Mas há bandeira vermelha mesmo com represas com o dobro do nível de 2017.

Livre Mercado

Festa na Betânia Lácteos, citada pelo empresário Edson Queiroz Neto como um exemplo de empresa moderna. Durante todo o dia de ontem, seus sócios e diretores - Luiz Girão, o fundador, seus filhos Bruno e David e Jorge Parente Frota Júnior - receberam parabéns de líderes da indústria e da agropecuária cearenses. A Betânia é a líder do mercado da lacticínios região Nordeste. Do seu capital e gestão passou a fazer parte o Arlon, fundo norte-americano de private equity. Eis a força do cearense.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.