coluna

Egídio Serpa: no sertão o novo é o Inove

egidio-serpa

Egídio Serpa

egidio@diariodonordeste.com.br

01:00 · 24.08.2018

Em pleno sertão central do Ceará, registra-se uma boa novidade - a presença do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo - o Inove. Instalado no belo campus da Universidade Federal do Ceará na cidade de Quixadá, o Inove tem - e já cumpre - os objetivos de desenvolver o setor de TIC no interior cearense por meio da pesquisa nas áreas de C&T e, principalmente, na estimulação de novos empreendimentos, de uma forma autossustentável e integrada com a sociedade. O Inove tem laboratórios de informática e FabLab que testa os protótipos de diferentes origens - os de startups incluídos. O bom desta notícia vem agora: as empresas já descobriram o Inove e seus cursos. Um deles ensina como fazer o dobro do trabalho na metade do tempo. Há vida inteligente no sertão.

Economia

O presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, disse que o PIB potencial do Brasil tem condições de voltar a crescer entre 2,5% e 3% ao ano. Oliveira afirmou que o País tem tido uma evolução significativa em sua estrutura macroeconômica.

Tecnologia

Concluídos 80% da obra da dupla torre comercial BS Design, a BSpar informa que está utilizando no reboco e no piso do prédio argamassa especial da cimenteira Apodi - além de um concreto auto adensável. São tecnologias próprias de construção A+.

Vencedores

Juntaram-se o Ibef-Ceará e o banco suíço Julius Bär para promover, no dia 29 deste mês no Gran Marquise um seminário que debaterá sobre "Oportunidades de Investimento: os vencedores de amanhã". Tecnologias novas serão apresentadas.

Risco

Cresce a cearense Servis Segurança, que incorporou a Companhia Siderúrgica Nacional na sua carteira de clientes. A Servis já faz o gerenciamento de risco no transporte de carga da CSN na rota do Vale do Aço em São Paulo e Rio de Janeiro.

Frete é imposto distorcido
 
Empresas industriais e agropecuárias do Ceará aguardam com ansiedade a decisão do STF a respeito da inconstitucionalidade da Lei que criou a tabela do frete rodoviário. Por causa dela, aumentou - e em alguns casos em até 100% - o custo do transporte de mercadorias daqui para o Sul e Sudeste. A Lei foi a saída encontrada para por fim à greve caminhoneira de maio. Foi intervenção indevida do Governo no livre mercado do frete, o que é ilegal. O tabelamento funciona como um tributo distorcido e ineficiente que agrava a reinante sensação de insegurança. Bom seria se todos se unissem para melhorar a infraestrutura.

Trigo

Presidente da Associação Brasileira da Indústria do Trigo, Rubens Barbosa está advertindo: a alta do dólar e a quebra da safra do trigo nos países produtores vão elevar o preço dos derivados no Brasil - o pão carioquinha em 1º lugar, o macarrão em 2º. A produção de trigo no Paraná enfrenta estiagem.

Bom

Black Friday

Quando novembro chegar daqui a dois meses, trará mais uma Black Friday, a grande promoção de vendas de lojas físicas e virtuais. No ano passado, a Black Friday teve vendas de R$ 2,1 bi.

Ruim

Desoneração

Vem aí o dia 1º de setembro, a partir do qual empresas de 70% dos setores da economia não terão mais os benefícios da desoneração da folha de pessoal e enfrentarão aumento de custo.

Livre Mercado

No domingo, 19, a geração de energia eólica bateu mais um recorde no Nordeste: às 9h28min daquele dia, atendeu 98% de toda a demanda do subsistema da rehião. O pico da geração de energia eólica chegou a 8.247 MW/h, com fator de potencia de 82%. Na geração hidráulica esse fator de potência na geração hidráulica o fator de potencia fica entre 14% a 19%. O Governo, que está autorizando a importação de energia da Argentina, deveria incentivar os projetos de geração eólica.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.