Coluna

Egídio Serpa — Estrada: como parar o País

egidio-serpa

Egídio Serpa

egidio@diariodonordeste.com.br

01:00 · 01.06.2018

Inânime, internado na UTI da política, respirando por aparelhos, o governo de Michel Temer deixará ao sucessor um punhado de problemas de difícil e dura solução, os últimos dos quais se relacionam às caríssimas promessas aos caminhoneiros. Decidiu Temer tabelar o preço dos fretes, algo regulado pela lei da oferta e procura, no que beneficiou não os caminhoneiros, mas as transportadoras. E de novo mandou para o Tesouro - isto é, para a população - a conta do acordo pelo fim da greve. O frete vai subir e com ele a inflação. Agora já se sabe como paralisar o País: bastará chantagear o governo, bloqueando as estradas. Será o suficiente para instalar o caos. Chega a R$ 10 bi o custo da greve. As transportadoras devem ao Governo R$ 52 bilhões de impostos atrasados.

Refinaria

Do secretário Maia Júnior, titular da Seplag: "O Ceará nunca teve uma refinaria porque a Petrobras nunca deixou. E nunca deixará". É por isto que o governador Camilo Santana tenta, na China, viabilizar antigo sonho da refinaria do Pecém

Bancos

Presidente da Febraban - a Federação dos bancos - Murilo Portugal falou na CPI dos cartões de crédito. Ele, entre outras coisas, disse que Brasil é o 5º país do mundo com a maior concentração bancária, em um ranking de 13 nações. E o 2º em lucro.

Diplomados

Mais de 60 colaboradores da Aço Cearense acabam de concluir mais um curso de Manutenção Autônoma, promovido pela empresa. E já receberam o diploma. O curso tem o objetivo de dar ao pessoal da Aço Cearense o senso de melhoria contínua.

Aviação

Gary Neeleman, pai de David e Mark, fundadores da Azul Linhas Aéreas, fará palestra 3ª feira, 5, na MRH Gestão. Entrada gratuita. Gary, que estará com o filho Mark, cônsul honorário do Brasil nos EUA, falará sobre o o hoje e o futuro da aviação.

Ciro: o discurso à esquerda

Na tentativa de atrair os votos de petistas tristes pela provável ausência de Lula da eleição de outubro - Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência, tem nas últimas semanas incluído no seu discurso temas que são música para os lulistas. Ao mesmo tempo em que promete jogar no lixo toda a Reforma Trabalhista e rever a política de preços da Petrobras, chama de fascistas os oposicionistas de Maduro na Venezuela. Ciro - mesmo sendo a favor da livre iniciativa e mesmo elogiando a qualidade do empresariado brasileiro - briga com o mercado. Ele jura que em 6 meses fará o ajuste fiscal, algo que até hoje ninguém conseguiu.

Confirmado

Um rastro de destruição deixou a greve caminhoneira na pecuária e na avicultura do Ceará. Mesmo assim, o presidente da Federação da Agricultura, Flávio Saboya, confirma a realização do Seminário Nordestino da Pecuária (Pecnordeste), de 5 a 7 do próximo mês de julho, no Centro de Eventos.

Bom

Enel

Avança a italiana Enel, que no Ceará distribui energia elétrica. Ela acaba de ganhar a corrida pela compra da Eletropaulo, uma das grandes distribuidoras do País, com atuação em S. Paulo.

Ruim

Prejuízos

Causou impacto aos pequenos empresários do agronegócio - como os avicultores - a greve dos caminhoneiros. Alguns deles demorarão muito tempo para recuperar-se dos prejuízos.

Livre Mercado

Um mergulho na história recente da política do Ceará - é o resumo do livro "Parsifal, um intelectual na política", de autoria de Luís Sérgio Santos, a ser lançado 3ª feira (5) na Livraria Cultura. Está nele a narrativa de como eram e como conviviam os líderes da política cearense, que se abrigavam nos poucos partidos existentes - como o PSD, a UDN e o PTB. Parsifal Barroso criou a inacreditável União pelo Ceará, que em 1962 juntou udenistas e pessedistas para eleger Virgílio Távora (UDN) governador.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.