Coluna

Egídio Serpa — Eleição: tudo sob segredo

egidio-serpa

Egídio Serpa

egidio@diariodonordeste.com.br

01:00 · 14.07.2018

Absurdo da legislação eleitoral: por causa dela, os organismos do Governo do Ceará tiraram do ar - nos seus sites na internet - as informações de interesse público. No da Funceme, por exemplo, não há mais notícias sobre o que faz ou não faz sua diretoria, e isto perdurará até que passe a eleição. Nesta incrível quarentena eleitoral, está sob censura a divulgação de atos e fatos que, direta ou indiretamente, possam causar positiva ou negativa repercussão no eleitorado. É muita besteira. O eleitor passou os últimos quatro anos a ouvir e a ver os atos e os fatos de corrupção dos que - novamente - estão aí, lépidos, fagueiros e soltos na busca do seu voto. No site do Metrofor, não há mais notícias sobre obras do VLT ou da Linha Leste. Presume-se que tudo está sob segredo, o que é ruim.

Táxi! 

Mudou totalmente a praça de táxi de Fortaleza. Tudo por causa dos aplicativos. Uma vaga de táxi que há um ano custava até R$ 250 mil (no aeroporto), hoje custa só R$ 10 mil, no máximo.

Insegurança

Decidiu o BNDES parar o processo de privatização de distribuidoras de energia elétrica, entre as quais a Ceal de Alagoas e a Cepisa do Piauí, as mais interessantes. Este é o País da insegurança jurídica, e as idas e vindas do Judiciário só afastam daqui o investidor que quer investir.

Chineses

Consultores chineses da Assistencial Consulting e da famosa Huawei, que produz celulares com essa marca, visitaram Juazeiro do Norte nesta semana. Conheceram a legislação municipal que trata de incentivos a projetos de inovação tecnológica.

Vem aí a herança maldita 
 
Irresponsáveis! É o que, no mínimo, se pode dizer dos deputados e senadores que, em infelizes decisões nesta semana, elevaram em mais R$ 100 bilhões as despesas do Governo da União, cujo orçamento deste 2018 e do próximo 2019 mantém-se com um déficit gigantesco - ou seja, mais gasto do que receita. O futuro presidente a ser eleito em outubro receberá uma herança maldita, com um agravante: dois terços dos atuais congressistas serão reeleitos e cobrarão muito caro para aprovar as reformas. Saída: eleição de novos políticos. Difícil pela atual legislação eleitoral.

Licenciamento

Por decisão do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema), presidido pelo secretário Artur Bruno serão simplificados e atualizados procedimentos, critérios e parâmetros do licenciamento ambiental da Semace para projetos de geração de energia eólica. Uma decisão do bom senso.

Bom

J. Simões

No próximo dia 31, a Construtora J. Simões entregará seu 128º empreendimento - o Absoluto Parque do Cocó, condomínio com dupla torre de apartamentos localizado na rua Israel Bezerra.

Ruim

Anistia

Para agravar ainda mais a cena da crise, o Congresso Nacional deu anistia às empresas de transporte multadas na greve caminhoneira. Se Temer vetar, a greve poderá voltar com o caos.

Livre Mercado

Desenvolvido pela Embrapa Hortaliças, nasceu o "supertomatinho", um tomate do tipo cereja que, por causa dos seus melhoramentos genéticos, contém até três vezes mais licopeno, o que eleva sua virtude como antioxidante e amplia sua ação de prevenção contra o câncer, principalmente o de próstata e, de quebra, reduz a demanda por pesticidas. Será uma revolução, porque os produtores não precisarão mais importar semente de tomate cereja, pois ela será toda produzida no Brasil.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.