Coluna

Egídio Serpa: Bolsa já olha a 3 Corações

egidio-serpa

Egídio Serpa

egidio@diariodonordeste.com.br

01:00 · 28.04.2018

Empresários cearenses que testemunharam o IPO (sigla em inglês para inicial lançamento de ações) da Hapvida na B3 em S. Paulo admitem que outra grande empresa do Ceará também caminha no mesmo rumo - a abertura do seu capital. A empresa é a 3 Corações, cujo CEO Pedro Lima é um entusiasta do mercado de capitais. Líder do mercado nacional de café torrado e moído - que industrializa em 9 fábricas localizadas em diferentes cidades do País - a 3 Corações tem 25 Centros de Distribuição, duas unidades de compra e beneficiamento, uma Unidade Corporativa e a Escola de Serviço e Sabor, e conta com 300 mil pontos de venda no País. Também exporta o café com suas marcas para EUA e países da América Latina. É o Café 3 Corações o café oficial da Seleção Brasileira na Copa.

Pai e filho

CFO da Hapvida, com papel saliente na abertura do seu capital, Bruno Cals, CFO da empresa, era conhecido até recentemente como o filho do ex-prefeito César Cals Neto. Este, agora, é que é chamado de “o pai do Bruno Cals”. Mérito do filho.

Mulheres

No próximo dia 4 de maio, o capítulo cearense do Grupo Mulheres do Brasil terá um encontro na Fiec com Sheiko Aoki, dona da rede Blue Tree de hotéis. Eleita em 2017 pela Forbes a 2ª mulher mais influente do País, Aoki é uma craque em inovação.<HS2>

Farmácias

Maior rede brasileira de farmácias com mais de 1.300 lojas espalhadas pelo País, a Drogasil abriu mais duas em Fortaleza - uma na Avenida Pontes Vieira, outra na Avenida Dom Luiz. É quente a concorrência no varejo farmacêutico cearense.

IFCE

Anuncia o IFCE: o campus de Acopiara, novinho em folha, inaugurado ontem, ocupa terreno de 6 hectares e área construída de 4,5 mil m². Conta com 10 salas de aula e 10 laboratórios. Vai atender inicialmente a 1.200 alunos. Custou R$ 9 milhões.

Correios: entrega em dia

Sobre nota desta coluna com crítica ao seu atraso na entrega dos objetos vendidos pelas lojas virtuais do e-commerce - os Correios informam: 1) são o 1º lugar nas entregas do comércio eletrônico; 2) de cada 10 objetos, 9 são entregues no prazo; 3) há pouco tempo, recebeu o cobiçado prêmio ABComm de Inovação Digital 2018 de Melhor Empresa de e-commerce; 4) a média de entrega pelo Sedex é de 1,5 dia. Coincidentemente, nesta semana, o MPF no Ceará e os Correios daqui chegaram a um acordo: a empresa estatal terá uma semana para colocar em dia todas as entregas que estão atrasadas no Estado.

Holanda

Na quarta-feira, 2, véspera da inauguração do Hub da Air France-KLM, haverá na Fiec a instalação da Câmara e Comércio Brasil-Holanda (Bradutch) no Ceará. Com sede em Amsterdam, a Bradutch terá escritórios também em São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Goiás, Brasília e Tocantins.

Bom

Dia de Campo

No dia 24 de maio, a Betânia Lácteos promoverá um Dia de Campo na fazenda Cruiri, em Iguatu. Será para a colheita de sorgo forrageiro produção de silagem. Para o gado leiteiro.

Ruim

Corrupção

Com tristeza e desesperança, o eleitor brasileiro acompanha os primeiros sinais da campanha eleitoral deste ano. O tema que puxará a campanha, segundo o Datafoilha, será a corrupção. 

Livre Mercado

Defensivos agrícolas das marcas Privilege e Eleitto podem agora - com aprovação dos organismos federais que tratam da fitossanidade - ser usados também nas culturas do alface, cuja praga é o pulgão (Myzus Persicae), do caju (mosca azul), da goiaba (Psilídeo da Goiabeira), da cebola e alho (Tripes), do pêssego (Mariposa Oriental), e da rúcula (Brevicoryne Brassicae. São as chamadas “minor crops”, ou pequenas culturas para as quais a indústria de defensivos pouca olhava. Agora, já está olhando.

 

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.