Coluna

Egídio Serpa: A boa esperança do Ceará

egidio-serpa

Egídio Serpa

egidio@diariodonordeste.com.br

01:00 · 30.12.2017

Élcio Batista, chefe do Gabinete do governador Camilo Santana, lamenta o castigo a que o Ceará tem sido submetido pela natureza. "São seis anos consecutivos de raquítica pluviometria que causou o esvaziamento do Orós, do Castanhão e do Banabuiú, nossos grandes açudes", diz ele, emendando: "Se as chuvas dos últimos anos tivessem sido na média ou acima dela, a economia cearense - incentivada pelo Governo estadual - teria dado um salto ainda bem maior do que deu de 2014 para cá". "Mas tudo está pronto para esse salto na indústria, na agropecuária, na infraestrutura e no turismo. Só falta chover" - sentencia Élcio Batista com o entusiasmo de quem vê 2018 como o marco de um novo tempo também para a saúde, a educação e a segurança pública. Amém!

Réveillon 

Paulo José abrirá a festa de Réveillon do hotel Marina Park. Das 22 horas à meia noite, ele cantará os maiores sucessos nacionais e internacionais. Este 2017 foi só de êxito para ele.

Localizado

Informação que chega do Governo do Ceará: 80% dos homicídios registrados em Fortaleza, neste 2017, envolveram pessoas com antecedentes criminais (briga entre facções); 80% aconteceram a 500 metros de uma favela. Tudo isso em só 26% da área da cidade.

Agricultura

Agora é a Nasa que vem a confirmar informação que esta coluna já divulgou: o Brasil utiliza só 7,6% de seu território para a produção de alimentos - grãos, proteínas e frutas. A Dinamarca usa 76,8%; a Holanda, 66,2%; a ecológica Alemanha, 56,9%.

Previdência em fevereiro
 
Na reabertura da sessão legislativa de 2018, em fevereiro, o governador Camilo Santana enviará à Assembleia um conjunto de medidas com o objetivo de dar justa equação ao financiamento do sistema de Previdência estadual. Há hoje um déficit de R$ 1,4 bilhão entre a receita e a despesa da Previdência do Estado - rombo anual coberto pelo Tesouro. Um grupo de trabalho liderado pelo economista Célio Fernando está prestes a concluir as propostas, que, por ordem do governador, preservarão os direitos dos aposentados. Não há, aqui e na China, almoço grátis.

São Luiz

Severino Ramalho Neto, dono da rede Mercadinhos São Luiz, anuncia: quando março de 2018 chegar, serão abertas mais três lojas em Fortaleza: uma na esquina da Rui Barbosa com Santos Dumont e outra na rua Edilson Brasil Soares. A terceira será anunciada no início de 2018, diz Neto.

Bom

Vinho

João Carlos Paes Mendonça, controlador do Grupo JCPM, do qual faz parte o shopping RioMar, enviou para amigos do Ceará o tinto de sua vinícola portuguesa Santa Isabel. Ótimo!

Ruim

Eleições

Ainda haverá grandes emoções relacionadas com as eleições no Ceará, em 2018. A cada dia surge um fato novo que anima a cena da política e seus protagonistas. E ainda faltam mais de 10 meses.

Livre Mercado

Lembram-se do final de dezembro de 2016? Naquela época, dizia-se que a inflação fecharia 2017 dentro da meta de 4,5%, que o dólar estaria cotado a R$ 3,50 e a taxa de juros estaria em dois dígitos. Hoje, a inflação fechará o ano menor do que 3%, o dólar a R$ 3,30 e a taxa de juros Selic a 7% ao ano. E para 2018? Bem, dizem os analistas que a inflação ficará em 3,96%, o dólar em R$ 3,32, o PIB crescerá 2,68%. Mas a taxa de juros - se a Previdência não for reformada - subirá. Só o tempo dirá.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.