Coluna

Bolso & Cia: Mesada ajuda a educar

01:00 · 26.01.2018

A volta às aulas é um ótimo momento para começar introduzir uma mesada para os filhos e aproveitar para dar lições de educação financeira. A medida pode até gerar economia nas contas da família. Segundo a Dsop Educação Financeira, a mesada não deve ser reconhecida como um incentivo ao consumo, e sim uma forma de educar as crianças. No período da infância se desenvolvem comportamentos que serão levados por toda a vida, por isso é importante implantar a mesada quando notar que a criança pede dinheiro com frequência e mostra ter seus primeiros hábitos de consumo. É a hora de orientar para o uso do dinheiro de forma sustentável e poupar parte dele para realizar seus objetivos, apontam especialistas.

Millenials

A geração dos millenials já representa 41% da força de trabalho brasileira e estima-se que até 2020 atinja 50%. Considerada desafiadora, essa parcela da população tem mudado o mercado de trabalho e demandado um novo tipo de gestão e liderança. Porém, atualmente, 25% deles estão desempregados no Brasil. Assim, passaram a mostrar mais cautela e disposição de assumir responsabilidades e busca estabilidade no emprego. As constatações são da pesquisa "The 2017 Deloitte Millennial".

42% dos poupadores

Tiveram de sacar recursos em novembro último. Ao mesmo tempo, apenas 11% guardaram dinheiro pensando na aposentadoria. A crise ainda gera impactos negativos. O ideal seria as pessoas poderem fazer reservas distintas para objetivos de vida. É importante contar com uma quantia para se prevenir contra imprevistos, garantir uma aposentadoria tranquila ou realizar um sonho de consumo.

Benefícios valem mais que salários

Promoções e planos de carreira são medidas que motivam em especial os funcionários. Além disso, premiações por resultados fazem o colaborador acreditar cinco vezes mais nas ações de seus líderes. Não se trata de achismo. Foi o que revelou pesquisa divulgada neste mês pela Harvard Business Review, baseada em respostas de mais de 400 mil trabalhadores nos EUA. Muitas companhias passaram a reconhecer mais seus colaboradores proporcionando estímulo à produtividade.

"A partir dos 7 ou 8 anos é um bom momento para adotar a mesada, pois a criança já possui vontade e sabe que para ter um produto ou serviço é necessário 'trocá-lo'. Esse assunto deve ser tratado de forma leve e lúdica, sem imposições ou ameaças"

Reinaldo Domingos, Doutor em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros e da Dsop

Radiografia das empresas e trabalhadores

Começou nesta semana e vai até o dia 23 de março o período para entrega do formulário da Relação Anual de Informações Sociais (Rais). A nova Lei Trabalhista(13.467/17) introduz mudanças na declaração com outras modalidades de contratação e terá novos campos que deverão ser preenchidos pelo empregador. Foram incluídos o trabalho por tempo parcial, teletrabalho, trabalho intermitente e desligamento por acordo entre empregador e trabalhador A Rais é a fonte de informação mais completa sobre empregadores e trabalhadores formais. Constam dados como número de empresas, municípios de localização, ramo de atividade e quantidade de empregados.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.