Coluna

Bolso & Cia: 54% buscam promoções

01:00 · 29.09.2017

Preços em promoção e conveniência no horário de atendimento são decisivos na hora da compra do presente do Dia da Criança. É o que revela a Fecomércio-CE, que antecipa o desejo do consumidor fortalezense para a data. Mais de 54% dos entrevistados estão de olho em descontos, antecipa a entidade à coluna. Além disso, 23,1% relatam ter o sábado como o dia ideal para as compras. O Dia da Criança firma-se como a 3ª melhor data comemorativa para o comércio de Fortaleza, atrás somente do Natal e Dia das Mães, aponta a Fecomércio-CE. O estudo completo sai no dia 3.

Sites no exterior

Os sites no exterior, por conta de seus preços menores, em comparação ao cobrado no Brasil, são a opção para 76% dos consumidores online, diz o SPC. Os principais artigos adquiridos são acessórios para celular, tablet ou computador, como capas, películas, carregadores e pen drive; vestuário; calçados e acessórios, como cintos e bolsas; livros físicos ou digitais e artigos esportivos.

27,5% dos pedidos de

Empréstimo online no Nordeste têm como objetivo "Investir na minha empresa" ou em "Novos negócios", confirmando a opção pelo empreendedorismo e a fuga do desemprego. O levantamento é da "fintech" Lendico, plataforma de crédito pessoal online que ouviu mais de 80 mil usuários entre os meses de janeiro a setembro.

Criança que poupa

Um presente para o futuro é a orientação financeira desde criança. Especialistas apontam que o ensino sobre poupança já pode ser iniciado aos cinco anos. Nessa idade, a garotada começa a aprender sobre dinheiro e valores. Eles ficarão muito animados com isso quando pensarem no brinquedo que poderiam comprar por conta própria, por exemplo. A partir daí os pais podem criar chances de ensino e treinamento para economizar.

"Iniciar um plano de negócios em época de recessão faz total sentido e muitas vezes é fundamental para corrigir a rota de uma empresa que tomou decisões equivocadas enquanto enfrentava tal momento"

Eduardo Peres
Diretor de Novos Negócios da GlobalTrevo Consulting e mestre em Economia pelo Ibmec

Motivos para ter Previência privada

Atualmente, cerca de 15 milhões de brasileiros pagam a previdência privada para complementar os rendimentos na aposentadoria. Somente no primeiro semestre deste ano as contribuições aos planos de previdência privada somam mais de R$ 54 bilhões, resultado 4,81% maior que o montante acumulado no primeiro semestre de 2016. A previdência privada é uma aposentadoria que não tem ligação com o sistema do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mas complementa a previdência pública. Mas é preciso saber como a previdência privada funciona, conhecer os planos e a tributação adequados ao seu perfil, saber quais as taxas são cobradas, avaliar qual o melhor momento para adquirir o plano e não deixar para investir somente quando for mais velho.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.