AFIRMA GOVERNADOR

Certificação do aeroporto de Jeri será publicada hoje

Ainda ontem, a Avianca entrou em contato com o DER para falar sobre a possibilidade de atuar em Jeri e em Aracati

Terminal aeroviário foi inaugurado no dia 24 de junho, com a chegada do voo charter da Gol em parceria com a CVC ( Foto: Helene Santos )
01:00 · 13.07.2017

Quase 20 dias após a chegada do primeiro voo - charter - ao Aeroporto Regional Comandante Ariston Pessoa, em Jericoacoara, mais um capítulo é escrito na história do terminal cearense recém inaugurado. Segundo revelou ontem (12) o governador do Estado, Camilo Santana, em sua conta no Facebook, a edição de hoje (13) do Diário Oficial da União (DOU) deve trazer, finalmente, a certificação do equipamento pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), necessária para que possam ser operados voos comerciais.

Com a certificação, outras empresas devem manifestar interesse em operar no terminal, de acordo com o assessor de infraestrutura aeroportuária do Departamento Estadual de Rodovias (DER), coronel Paulo Edson Ferreira. Ainda na tarde dessa quarta-feira, a Avianca entrou em contato para uma conversa inicial sobre a possibilidade de atuar nos aeroportos de Jericoacoara e também de Aracati, cuja solicitação de certificação já foi realizada junto à Anac.

Gol, que fez o voo inaugural até o terminal aeroviário, e Azul, que recentemente adiou o seu primeiro voo fretado que fará o trecho Recife-Jericoacoara para o dia 23 deste mês, também já solicitou, ainda no início deste ano, permissão para operação regular no aeroporto.

"Sem o voo charter, o Aeroporto de Jeri só podia receber voo charter, sendo permitido apenas um por semana. Agora ele está totalmente preparado para receber os voos comerciais. A companhias, agora, não precisam mais esperar voos charter", destacou Paulo Edson Ferreira.

Interesse

O assessor de DER disse ainda que, agora, com a aprovação da Anac, "a conversa com as aéreas vai ser mais clara e mais técnica". "Ainda vamos trocar informações técnicas e vamos ver se a gente consegue implementar esses voos em Jeri e em Aracati". A Latam Airlines também já havia manifestado interesse em atuar no Aeroporto de Jeri.

A certificação da Anac, no entanto, não significa aprovação imediata das frequências. De acordo com a Anac, os pedidos da Azul seguem em análise e não há um prazo específico para que a liberação ocorra. Conforme o órgão, isso também depende muito da entrega de toda a documentação necessária pela própria companhia aérea.

Procurada ontem pela reportagem, a Azul, por sua vez, preferiu esperar que a publicação saia para se posicionar sobre o assunto. A empresa aguarda a liberação do voo charter entre Recife, em Pernambuco, e Jericoacoara e também a aprovação de uma frequência regular entre Campinas, em São Paulo, e o destino turístico cearense.

A revelação sobre a certificação do equipamento foi feita ao chefe do executivo estadual durante reunião com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, ontem, em Brasília, aonde Camilo cumpriu agenda.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.