Viagens Compartilhadas

Brasil receberá serviço de transporte aéreo da Uber

01:00 · 04.09.2018 / atualizado às 11:47
Image-0-Artigo-2448637-1
De acordo com a empresa de transporte por aplicativo, os pontos iniciais, no Brasil, deverão ser as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo

A Uber, empresa de transporte por aplicativo, anunciou no fim da semana passada que o Brasil será um dos cinco países a receber testes do Uber Air. O novo serviço promete criar uma rede de transporte aéreo compartilhado em centros urbanos. Austrália, Índia, Japão e França foram confirmados como candidatos para esta fase inicial, que deverá durar 5 anos. O projeto ainda não tem perspectiva de chegada no Nordeste do Brasil.

"Estes cinco países poderão ter o modelo de transporte completamente transformado com o uso dos veículos elétricos baseado em decolagem e aterrissagem vertical (VTOL)", disse Eric Allison, chefe do programa de aviação da Uber.

Segundo a Uber, o programa poderá criar a rede de compartilhamento urbano aéreo no mundo inteiro, e dentro de cinco anos, aproximadamente, usuários de algumas cidades poderão embarcar no serviço. No Brasil, considerando as operações aéreas já existentes, Rio de Janeiro e São Paulo foram apontadas como as principais candidatas. Além disso, as cidades são dois dos principais polos da Uber no mundo inteiro.

Mercado

A empresa também analisou a frota de helicópteros nas duas cidades e percebeu a sinalização de uma "demanda clara" para o serviço. De acordo com a Uber, também foram analisados os critérios de tamanho do mercado; do compromisso do poder público e de representantes do mercado na organização do processo; além das condições de operação, já que o serviço depende de uma "estrutura multimodal, baseado em uma operação eficiente e integrada à rede da Uber".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.