EM 2017

Aeroporto de Jericoacoara recebeu cerca de 100 mil passageiros

01:00 · 03.01.2018
Image-0-Artigo-2344628-1
Hoje, existem 10 voos semanais para Jeri, que recebe turistas de diferentes partes do País ( FOTO: GENTIL BARREIRA )

O Aeroporto Regional de Jericoacoara Comandante Ariston Pessoa, no município de Cruz, recebeu, entre junho e o início de dezembro de 2017, cerca de 100 mil passageiros, entre embarques e desembarques. A informação foi confirmada pelo assessor de infraestrutura Aeroportuária do Departamento Estadual de Rodovias (DER), coronel Paulo Edson, que disse ainda que a Azul Linhas Aéreas já sinalizou interesse em tornar regulares os voos de Belo Horizonte (Confins) para Jericoacoara.

"Nós estamos atualmente com 10 voos semanais e ainda estamos tratando com as companhias aéreas novos voos para Jeri. A Azul já disse que se a demanda continuar alta para Confins provavelmente devem efetivar este voo", afirmou Paulo Edson.

A Azul opera atualmente quatro voos semanais entre Recife (PE) e Jericoacoara, além de uma operação semanal para Campinas (Viracopos) e outras três para Confins até 13 de fevereiro. A Gol atende Jeri com uma operação por semana para Guarulhos e outra para Congonhas.

Aracati

Ainda aguardando a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) emitir o certificado para operar voos comerciais, o Aeroporto Regional de Aracati, no litoral leste, deve receber a partir de julho voos fretados da Gol Linhas Aéreas. Segundo o coronel Paulo Edson, as operações seriam similares as que ocorrem em Jeri, parceria entre a companhia aérea e a agência de viagens CVC.

"A Gol sinalizou um voo charter de São Paulo para Aracati a partir de junho ou julho. Ainda a definir as datas, mas existe este interesse", acrescentou o coronel Paulo Edson.

Novas oportunidades

Procurada pela reportagem, a companhia aérea Gol disse, por meio de nota, que "como empresa competitiva, avalia constantemente novas oportunidades para seu negócio e que possam oferecer ainda mais opções de voos aos seus clientes. Ainda assim, a companhia esclarece que, por enquanto, não há estudos para essa rota".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.