Impeachment

STF manda destravar comissão contra Temer

00:00 · 21.04.2017

Brasília. O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, ontem, que o Ministério Público Federal (MPF) apure a demora na instalação da Comissão do Impeachment do presidente Michel Temer na Câmara. O colegiado foi criado há mais de um ano, mas não tem o número suficiente de membros para funcionar. Os deputados que ainda não fizeram as indicações poderão ser investigados por crime de desobediência e prevaricação

Marco Aurélio determina que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), seja notificado. Se o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, identificar a prática de crime, pode pedir abertura de inquérito no STF. As penas para desobediência ou prevaricação podem resultar na perda de mandato.

Críticas

Em cerimônia do Dia do Diplomata, no Itamaraty, Temer rebateu críticas de Dilma Rousseff feitas em palestras, em que se diz vítima de um golpe.

Ele destacou que a Constituição é cumprida, ao contrário do que se diz lá fora, como se o Brasil fosse "um paiseco, que vai fazendo coisas sem aparo legal".

Acusado pelo ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de não ter dito a verdade sobre um encontro em que se discutiu apoio financeiro ao PMDB, Temer disse aos repórteres que deseja a "maior felicidade" para seu ex-aliado, preso no Paraná.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.