Bangu 8

Sérgio Cabral volta para cadeia no Rio

00:00 · 12.04.2018

Rio de Janeiro. Após passar três meses preso no Paraná, o ex-governador Sérgio Cabral foi transferido ontem para o Rio de Janeiro e cumprirá pena na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8).

A volta a uma unidade prisional no Rio foi determinada na terça-feira pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), atendendo a um pedido da defesa do peemedebista.

Ontem, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) confirmou que Cabral seria transferido para Bangu 8 e não para o presídio de Benfica, onde cumpria pena junto com outros réus da Lava-Jato. A Seap argumentou que o ex-governador já é condenado e esse seria um dos motivos da mudança do local da prisão.

Cabral havia sido transferido para o Complexo Médico-Penal em Pinhais, no Paraná, em janeiro, após ser constatado que ele recebia regalias no presídio de Benfica - como a permissão para armazenamento de comidas in natura, como camarões, bolinhos de bacalhau e queijos; e a doação suspeita de um equipamento audiovisual para a criação de uma sala de cinema na cadeia. Investigadores também descobriram na unidade "suítes de motel" para visitas íntimas.

A decisão de transferir Cabral para o Paraná foi do juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, que já o condenou em junho do ano passado a 14 anos e dois meses de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção. O magistrado o condenou por receber R$ 2,7 milhões em propinas das obras de terraplanagem do Comperj, o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, com base em provas e depoimentos de delação de executivos da construtora Andrade Gutierrez.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.