Preventivo

Raquel Dodge se manifesta contra habeas corpus de ex-presidente Lula

00:00 · 15.02.2018

 

 

Brasília/Curitiba. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ontem parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o pedido de habeas corpus protocolado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para evitar a eventual prisão preventiva dele após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça Federal.

No parecer, Raquel Dodge argumenta que o habeas corpus não pode ser concedido pelo STF porque o mérito do mesmo pedido ainda não foi julgado pela instância inferior, o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

No dia 24 de janeiro, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) confirmou a condenação de Lula na ação penal envolvendo o tríplex no Guarujá (SP) e aumentou a pena do ex-presidente para 12 anos e um mês de prisão. 

Ontem, foi divulgado um laudo que avalia o apartamento vale R$ 2,2 milhões. O procedimento foi feito a pedido do juiz Sergio Moro. A execução da pena do ex-presidente deve ocorrer após o esgotamento dos recursos pela segunda instância. 

Marisa Letícia

O TRF4 negou pedidos do advogado Cristiano Zanin para recorrer ao STJ e ao STF pela absolvição sumária da ex-primeira-dama Marisa Letícia. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.