ESTUPRO

Rafinha Bastos vai depor sobre piada

02:23 · 21.07.2011
São Paulo. O humorista Rafinha Bastos, um dos apresentadores do programa "CQC", da Band, foi intimado a prestar depoimento na próxima terça-feira (26) no 14º DP de São Paulo, em Pinheiros. Ele será ouvido a respeito de suas piadas sobre estupro, consideradas pelo Ministério Público (MP) como apologia ao crime.

O MP havia pedido a abertura de inquérito policial contra Rafinha Bastos com base nas afirmações do humorista sobre estupro tanto em suas apresentações no Clube de Comédia como em entrevista publicada na revista "Rolling Stones", na edição de maio de 2011.

Na matéria, consta que Rafinha teria dito em sua apresentação que "toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia. Tá reclamando do quê? Deveria dar graças a Deus. Isso para você não foi um crime, e sim uma oportunidade". O responsável pela edição da revista também será ouvido. Seu depoimento no 14º DP está marcado para amanhã.

Em um comunicado, Rafinha se defendeu da acusação. "É um absurdo eu explicar uma piada. Tudo foi dito no palco, um ambiente que por si só já carrega uma desconstrução", afirmou.

O texto divulgado pelo humorista diz que, "descontextualizada, qualquer piada perde a graça e vira agressão". "Espero continuar tendo liberdade pra dizer o que eu quero, por mais absurdo (e engraçado) que isto seja", finalizou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.