DEBATE

PT realiza transmissão paralela pela internet

00:00 · 10.08.2018 / atualizado às 00:01

Com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva preso, o PT fez uma transmissão paralela pela internet durante o debate entre candidatos à Presidência.

> Candidatos participam de primeiro debate de TV

O chamado "Debate com Lula", sem o ex-presidente, reuniu o candidato a vice, Fernando Haddad, a deputada Manuela D'Ávila (PCdoB) - escolhida para ser vice na chapa após a Justiça Eleitoral definir a situação de Lula na disputa-, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e o coordenador da campanha, José Sergio Gabrielli.

O PT avaliou que um programa pelas redes sociais daria mais exposição a Haddad e Manuela do que se os dois fossem ao debate na TV como convidados.

A estratégia do partido é vincular diretamente os candidatos à imagem de Lula.

Negativa

Mais cedo, o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), o Tribunal da Lava Jato, negou liminarmente ontem o pedido do PT em um mandado de segurança para que o ex-presidente Lula, líder nas pesquisas, participasse do debate entre os candidatos à Presidência na TV Bandeirantes na noite de ontem.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.